Esportes

Rayssa Leal, a Fadinha do Skate, é agora a skatista do ano no prêmio Cemporcento Skate

A 'pequena gigante' do Skate, Rayssa Leal, termina o ano agora com mais dois dois prêmios 'skatista do ano feminino' e ainda, 'Destaque Tóquio 2020' no prêmio Cemporcento Skate.

3 min de leitura
16 Dez 2021 - 07h20 | Atualizado em 16 Dez 2021 - 07h20

A "pequena gigante" do Skate, Rayssa Leal, de 13 anos, encerra o ano de 2021 com êxito. Agora garantiu mais dois prêmios nas categorias “skatista do ano feminino” e, ainda, “destaque Tóquio 2020”, no prêmio Cemporcento Skate. A cerimônia ocorreu em São Paulo e homenageou os atletas como uma forma de comemoração do ano do esporte.


Fadinha e suas novas conquistas no ano. (Foto: Reprodução/Instagram) 


Conhecida como Fadinha após ter vídeo vestida de fada sob o skate aos oito anos, viralizado na internet, Rayssa comemorou em suas redes sociais as suas mais novas conquistas, isto é, seus dois troféus na maior premiação da história do skate brasileiro. Ressaltado ainda pela atleta, essa foi a primeira vez que a categoria “skatista do ano” possuiu uma premiação dedicada ao esporte feminino. Por meio do Instagram, a Skatista brasileira comentou que, além de ter sido um ano especial para o skate, foi ainda mais para ela. “Tô muito feliz em ganhar esse prêmio! É uma honra”, publicou. 

 

https://lorena.r7.com/post/Manchester-City-aplica-uma-Goleada-por-7-a-0-no-Leeds-e-segue-na-lideranca-do-Ingles

https://lorena.r7.com/post/Folha-salarial-do-Corinthians-vai-aumentar-com-contratacao-de-Paulinho-e-um-camisa-9

https://lorena.r7.com/post/Manchester-United-tem-partida-adiada-apos-surto-de-Covid-no-clube


Assim como a jovem Rayssa, Kelvin Hoefler e Pedro Barros, então medalhistas de Tóquio, também foram contemplados com o troféu de destaque olímpico. No skate street, outra jovem também garantiu o prêmio da categoria feminina. Trata-se de Marina Gabriela, aos 15 anos, a qual competiu pela primeira vez no Mundial de Skate Street, neste ano (2021). Luiz Francisco e Yndiara Asp, atletas olímpicos, levaram a melhor e saíram com o troféu de destaque da categoria no Skate park, denominado skate transição pelo prêmio.   

A Fadinha ficou com o grande título feminino da noite, sendo agora a skatista do ano. Na disputa, estavam também Pâmela Rosa e Letícia Bufoni. Felipe Nunes foi quem garantiu o título pelo lado masculino, deixando para trás grandes nomes do skate como Kelvim, Pedro Barros, Felipe Gustavo e Lucas Rabelo. A Skatista brasileira soma agora suas duas medalhas no mundial (2019 e 2021) pelo Street e a Tóquio 2020, também pelo Street.   

 

Foto destaque: Rayssa Leal beijado seu mais novo troféu. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário