Esportes

Folha salarial do Corinthians vai aumentar com contratação de Paulinho e um camisa 9

Com a previsão do aumento da receita, Corinthians investirá mais em reforços, tenta acertar a volta de Paulinho, e sonha com a contratação de Cavani para ser o camisa 9 da equipe na próxima temporada.

3 min de leitura
15 Dez 2021 - 11h18 | Atualizado em 15 Dez 2021 - 11h18

Aprovado nesta última segunda-feira (13), pelo Conselho Deliberativo do clube, o orçamento do Corinthians projeta despesa de R$ 289 milhões em 2022, com encargos trabalhistas e salários no departamento de futebol do clube. A quantia não só diz respeito aos pagamentos dos jogadores, mas também da comissão técnica e dos funcionários.

Esse valor é 68% do total que o Corinthians planeja ganhar no departamento de futebol ano que vem, com os direitos de TV e patrocínios, algo em torno de R$ 420 milhões. 


Coletiva de imprensa com Roberto de Andrade e Alessandro Nunes. (Vídeo: Reprodução/Corinthians TV/ Youtube.)


O diretor de futebol Roberto Andrade, prevê um aumento da receita do clube no ano que vem, e diz que a torcida não tem com o que se preocupar, pois todas as contratações serão feitas dentro da possibilidade do clube e com responsabilidade.

"A nossa realidade não pode passar de um percentual da nossa receita, e a gente está prevendo para o ano que vem uma receita maior do que tivemos em 2021. Isso facilita para ter uma margem para trazer outros jogadores. Quero que o torcedor fique tranquilo, qualquer jogador que chegue no Corinthians, seja ganhando 10, 20, 100, 1 milhão, não importa, tudo é feito com responsabilidade, são feitas as contas possíveis e impossíveis, e todos que chegarem ao Corinthians vão receber em dia." , declarou o diretor, que completou dizendo: "Não estamos fazendo loucuras e não vamos fazer loucura, essa é a determinação do Duilio (Monteiro Alves, presidente do clube), temos que fazer tudo com os pés no chão, com muita responsabilidade. E nunca esquecer de ter um time forte. Se for possível ter um time forte gastando menos, é o que vamos fazer."

Com os outros departamentos, o Corinthians ainda prevê um aumento de 15% de gastos em relação aos salários e encargos em 2022.

https://lorena.r7.com/post/Corinthians-deve-anunciar-retorno-de-Paulinho-a-qualquer-momento

https://lorena.r7.com/post/Manchester-City-aplica-uma-Goleada-por-7-a-0-no-Leeds-e-segue-na-lideranca-do-Ingles 

https://lorena.r7.com/post/Com-Leila-Pereira-no-comando-Palmeiras-inicia-reformulacao-no-elenco 


Igual a este ano, como fez com o Giuliano, Renato Augusto, Roger Guedes e Willian, o Corinthians vai atrás de jogadores que estão livres no mercado, ou que o contrato com outro clube esteja terminando. Como são os casos de Paulinho e Cavani.

No caso do Paulinho, a volta dele já tem um acerto para cerca de dois anos. Ídolo da torcida, o volante conquistou a Libertadores e foi campeão mundial com o clube em 2012. Já no caso do Cavani, houve um primeiro contato entre o jogador e a diretoria, a qual, não esconde que a negociação tende a ser mais complicada, e por isso, não quer criar muitas expectativas para a torcida.

Apesar do cenário de 2022 parecer mais otimista, ainda sim tem dificuldades. O Corinthians conseguiu estabilidade nas dívidas, por causa um trabalho de redução de custos e renegociação com credores, porém a dívida continua alta em cerca de R$ 1 bilhão. O aumento da taxa Selic, que está em 9,25% ao ano, também aumentará o gasto com juros.

Mesmo com as dificuldades, o clube projeta um superávit de R$ 3 milhões esse ano, diferente dos últimos quatro anos, quando o clube fechou o ano com déficit. 

Foto Destaque: Paulinho voltará a defender o Corinthians em 2022. Foto: Reprodução/VCG/VCG via Getty Images.

Deixe um comentário