Notícias

Papa pede aos cristãos que orem e façam jejum pelo Afeganistão

O Papa Francisco pediu neste domingo aos cristãos e turistas que orem e façam jejum pelo Afeganistão. “Deus leve a paz e a coexistência ao Afeganistão”, disse.

3 min de leitura
06 Set 2021 - 15h06 | Atulizado em 06 Set 2021 - 15h06

Neste domingo (29), em sua bênção semanal, na Praça de São Pedro,o Papa Francisco disse que estava acompanhando os acontecimentos no Afeganistão com "grande preocupação".

 

"Acompanho com grande preocupação a situação no Afeganistão. Participo do sofrimento dos que choram pelas pessoas que morreram nos ataques suicidas e dos que buscam ajuda e proteção", disse ele.

 

Na última quinta-feira (26),  ocorreu um ataque suicida que matou 169 afegãos e 13 militares americanos no aeroporto de Cabul. A organização terrorista “Estado Islâmico” (EI), conhecido como “Estado Islâmico Khorasan” ou EI-K, assumiu a responsabilidade pelo ataque.



"D
irijo um apelo a intensificar a oração e a praticar o jejum”, disse o pontífice (Reprodução: Renascença/ YouTube)


O Papa também pediu aos peregrinos e turistas para que “continuem a ajudar os necessitados e a rezar para que o diálogo e a solidariedade possam trazer uma convivência pacífica e fraterna que ofereça esperança para o futuro do país”, disse o Papa.

Foguetes lançados em Cabul no penúltimo dia dos EUA no Afeganistão

“Caçaremos vocês e faremos pagar”, diz Biden ao Estado Islâmico

Talibã toma o controle do Afeganistão e anuncia volta de princípios estabelecidos em 1996

Também acrescentando que a indiferença não era uma opção. “Como cristãos, esta situação nos compromete. E por isso apelo a todos para que intensifiquem a oração e realizem jejum, oração e jejum, oração e penitência. Agora é a hora de fazer isso. Estou falando sério. É hora de intensificar a oração e realizar o jejum, pedindo a Deus misericórdia e perdão”, disse ele.

Em sua pregação o Papa também rezou pela população do estado venezuelano de Mérida, atingido nos últimos dias por enchentes e deslizamentos de terra após intensas chuvas.

(Foto destaque: O Papa durante sua oração no Vaticano, em 29 de agosto. Reprodução: Vincenzo Pinto/ AFP)

 

Deixe um comentário