Bem Estar

Vacinação contra o HPV reduz índice de casos de câncer de colo de útero, diz pesquisa

Vacinação contra o HPV diminui a taxa de câncer de útero em 87% dos casos e reduz lesões pré-cancerígenas. No Brasil, a vacina contra o HPV é oferecida pelo SUS.

3 min de leitura
05 Nov 2021 - 15h54 | Atualizado em 05 Nov 2021 - 15h54

Pesquisa britânica aponta que a vacinação contra o HPV diminui a taxa de câncer de útero em aproximadamente 87%, além de reduzir casos de lesões pré-cancerígenas. O vírus do HPV é o causador de diversos tipos de cânceres cervicais e, no Brasil, a vacina é oferecida pelo SUS (Sistema Único de Saúde). O arquivo foi publicado na revista científica The Lancet e revelou que, na Inglaterra, a imunização de meninas adolescentes entre 12 e 13 anos contra a enfermidade foi responsável pela redução das taxas dos casos e que aproximadamente 90% das circunstâncias da doença são resultantes de infecções causadas pelo vírus do HPV.


Vacina contra o vírus do HPV. (Foto: Reprodução/ IStock)


“Como esperado, a vacinação contra o HPV foi mais eficaz na população vacinada com idades entre 12 e 13 anos, entre as quais a adesão foi maior e a infecção anterior menos provável [...] Esperamos que esses novos resultados incentivem a aceitação, já que o sucesso do programa de vacinação depende não apenas da eficácia da vacina, mas também da proporção da população vacinada”, afirmou Kate Soldan, uma das autoras da pesquisa, em um comunicado enviado à imprensa.

Última fase do passaporte da vacina começa dia 15 no RJ

Vitta lança primeiro serviço de hospital digital com 16 especialidades diferentes

Poluição do ar pode causar problemas de fertilidade, segundo pequisadores

No Brasil, dados do Ministério da Saúde revelam que 54,6% dos brasileiros entre 16 e 25 anos têm o vírus do HPV, e 38,4% dos casos possuem risco de desenvolvimento de câncer. A infecção gerada pelo HPV é associada a diversos tipos de cânceres, como o de colo de útero. Mas também há casos cancerígenos de pênis, vulva, canal anal e orofaringe. No caso do câncer de colo de útero, a doença causa feridas na região genital e em outras partes do corpo. Além disso, há perigo quando aparecem verrugas internas, perto do útero (que não são visíveis) e quando não é realizado o acompanhamento médico e tratamento, podem levar ao desencadeamento da enfermidade.

 

Foto Destaque: Ilustração HPV. Reprodução/ ISock

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo