Sia declara em sua conta do Twitter apoio a Johnny Deep em confronto contra Amber Heard

Publicado 16 de Oct de 2020 às 19:34

O ator Johnny Deep conseguiu um apoio um tanto inusitado em sua disputa judicial contra Amber Heard, sua ex-esposa. A cantora Sia postou diversos tuítes durante a noite da última quinta-feira (15), a cantora afirmou acreditar que o ator era uma "vítima" nessa batalha e ainda declara que Amber lucrou bastante com a repercussão dos fatos.

Sia compartilhou um vídeo com duração de uma hora, no YouTube, no ínicio do ano, no qual um homem afirma ter provas suficientes contra Amber, relatando que a atriz não sofreu agressão alguma do ex-marido, e que na verdade a agressora era ela. Ainda no vídeo podemos ver gravações de 2015, cedidas pelo tribunal, onde a atriz assume ter batido em Johnny.


Johnny Deep e Amber Heard. (Foto: Reprodução/Estadão)


Sia se manifestou através de sua conta do Twitter em relação ao vídeo, citando por cima da publicação: "Clássico comportamento de quem tem Bordeline, da parte dela", relatou a cantora, ao afirmar que Amber sofria de transtorno mental, com mudanças constantes de humor e comportamento, que faz a pessoa ser instável. Amber negou sofrer qualquer tipo de transtorno. 

Leia mais: Após lançar o remix de “Verdinha”, Ludmilla comemora novos seguidores estrangeiros em seu Instagram

Então a voz por trás de Chandelier declarou sua torcida à favor do ator: "Apenas mostrando apoio público para Johnny Deep. Quer dizer, eu adoraria que ele ficase sóbrio e parasse de usar aquelas joias, mas ele claramente é a vítima, depois de ouvir essas gravações", respondeu.

Sia ainda disse que Elon Musk ex-namorado de Amber,de antes de seu relacionamento com Deep, teria dado dinheiro à Amber: "Àlias, Elon Musk, você não deu a ela os sete milhões que ela 'doou' do acordo?" , afirmou Sia.

"Por que você está protegendo-a? Ela nunca vai ter a ajuda que precisa se todos nós ficaros em silêncio!", disparouA cantora se referia aos US$ 7 milhões que Amber ganhou como acordo do divórcio, que foram doados por ela à ONG União Americana pelas Liberdades Civils (ACLU) e também para o Hospital Infantil de Los Angeles.

(Foto Destaque: Amber Heard e Johnny Deep. Reprodução/Uol) 

 

Deixe um comentário