Bem Estar

Pfizer e BioNTech firmam acordo com Eurofarma para produção de vacinas contra a covid-19 no Brasil

As empresas de biotecnologia Pfizer e BioNTech, fimaram acordo com o laboratório brasileiro Eurofarma para a produção de vacinas contra a covid-19 em toda a América Latina.

3 min de leitura
26 Ago 2021 - 14h03 | Atulizado em 26 Ago 2021 - 14h03

Nesta quinta-feira, 26, Pfizer e BioNTech firmaram contrato com a empresa brasileira Eurofarma para a fabricação de vacinas contra a covid-19 no Brasil, e para distribuição na América Latina de forma exclusiva. Em comunicado, as empresas informaram que a fabricação iniciará em 2022 e poderá ultrapassar 100 milhões de doses. “Todos independentemente da condição financeira, etnia, religião ou geografia, merecem acesso às vacinas contra a Covid-19 que salvam vidas. Nossa nova colaboração com a Eurofarma expande nossa rede global de cadeia de suprimentos – nos ajudando a continuar fornecendo acesso justo e equitativo à nossa vacina. Continuaremos a explorar e buscar oportunidades como esta para ajudar a garantir que as vacinas estejam disponíveis para todos os que precisam”, afirma Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer.


Logotipo da Eurofarma.( Foto: Reprodução/ Eurofarma)


O comunicado enviado pelas empresas envolvidas no acordo não esclarece se o Brasil terá mais vacinas disponíveis em 2022. De acordo com as mesmas, as atividades de desenvolvimento, técnica e instalação de equipamentos começará logo. À imprensa, a Eurofarma afirmou que a produção de vacinas será realizada no estado de São Paulo. O presidente da Eurofarma, Maurizio Billi, disse que a empresa está proporcionando os melhores recursos em tecnologia e capacidade com o objetivo de “cumprir o contrato com excelência e contribuir com o abastecimento do mercado latino-americano”.

 

Tais Araujo é embaixadora a campanha #RespireLiberdade

Pfizer compra a Trillium, empresa especialista em tratamentos contra o câncer

Neurobiótica: Exercício para a mente

Além desta nova parceria entre a empresa brasileira Eurofarma com a Pfizer e BioNTech, o Brasil conta também com a parceria da Sinovac e o Instituto Butantan – responsáveis pela vacina Coronavac, e com a parceria entre a FioCruz, AstraZeneca e Oxford - responsáveis pela vacina AstraZeneca. Atualmente, as doses da Pfizer são trazidas dos Estados Unidos para o estado de São Paulo e, após isso, entregues ao Ministério da Saúde para distribuição entre os demais estados.

Vacina Pfizer. Foto Destaque: Reprodução/ Dado Ruvic/ Reuters

 

 

 

Deixe um comentário