Laura Pausini comemora indicação ao Oscar com sua música Seen (lo Sí) do filme Rosa e Momo

Publicado 18 de Mar de 2021 às 11:49

Nesta segunda-feira (15) a cantora italiana Laura Pausini (46) recebeu sua primeira indicação ao Oscar 2021 pela música “Seen (lo Sí)” do filme Rosa e Momo da Netflix. Laura recebeu a notícia junto de sua filha Paola e seu esposo Paolo Carta.

A cantora que venceu o Globo de Ouro com essa mesma música, disse nesta terça-feira (16) em uma reportagem para a imprensa da América Latina que se sentiu culpada por ter muita sorte enquanto o mundo está vivendo uma pandemia.

 

"Me sinto um pouco confusa, porque a realidade que estamos vivendo no mundo é tão oposta a essa sorte, que quase me desequilibra. Tem momentos do dia, por exemplo, que me sinto acreditando no prêmio. E em outros, me sinto quase culpada por ter tido essa sorte, essa alegria", emocionada conta Laura.

 

Ela complementa dizendo ter conversado com amigos e eles a confortaram dizendo que a indicação é um presente não só para ela, mas para todos os italianos, espanhóis e brasileiros, pois há 28 anos todos os acompanham. "Sou feita de muitas terras”, diz a cantora. 


Rick Bonadio critica funk no Grammy e Anitta rebate

 

Atriz Cara Delevingne revela que pensou em suicídio devido sua sexualidade

 

 

Zilu Godói testa positivo para Covid-19


Laura comemora a indicação e diz que estava torcendo muito para ser indicada e que sente muito medo porque realmente existe a possibilidade dela ganhar. Ela conta que não estava com muita inspiração para escrever novas músicas quando foi convidada para participar do projeto, que estava sem criatividade e se sentia inútil. 

 

Pausini diz que está muito feliz com a  indicação para a maior festa do cinema americano - que está previsto para acontecer em abril - mas que está mais feliz ainda pela música indicada ser toda em italiano. "Sou italiana e a música é em italiano", diz Laura. E complementa: "Acho que isso também traz um significado importante, que é o de que qualquer pessoa pode chegar lá. É uma derrubada de muros. A emoção não tem idioma."

A música de Laura concorre com "Hear My Voice" do filme "Os 7 de Chicago"; "Husavik" do filme "Festival Eurovision da Canção: A Saga de Sigrit e Lars"; "Speak Now", de "Uma Noite em Miami" e "Fight for You", de "Judas e o Messias Negro".

 

A cantora diz que está em casa assim como todos durante a pandemia do Covid-19 e que sente falta do palco. Além dos palcos, ela confessa que sente falta de visitar o Brasil e que não está acostumada a ficar por muito tempo em casa e que sente falta dos aeroportos e até dos detectores de metais.


Laura Pausini indicada ao Oscar - (Foto: Divulgação/Reprodução/Instagram)


Ela conta que a próxima viagem será para a cerimônia do Oscar, que está marcada para o dia 25 de abril. Mas que não sabe ainda como será a participação devido a pandemia. Laura comenta que os indicados normalmente cantam e cita como exemplo a cerimônia do Grammy, que ocorreu no último domingo (14). E torce para que a pandemia na Califórnia esteja controlada  para ela poder cantar. Laura lamenta não poder levar seus pais e sua irmã para estar presente em um momento tão importante na vida dela e que ela gostaria de compartilhar, pois ela imagina que eles não poderão viajar.

 

Pausini está ansiosa com a festa da premiação mas ainda não sabe o que irá vestir, mas está certa que o estilista que irá vesti-la será Pierpaolo Piccioli, da grife Valentino. Disse que gostaria de usar vermelho ou fúcsia, mas irá ver o que ele aconselha.

 

 

 

Foto destaque: Laura Pausini - (Reprodução/Divulgação/Site Pop Cyber)

Deixe um comentário