Bem Estar

Itália volta a ser destaque em números de caso do Covid-19

Depois de alguns meses sem incidência de casos do covid-19 e com mais de 7 milhões da população sem tomar a primeira dose da vacina, Itália volta ser foco da pandemia do Covid-19.

3 min de leitura
05 Nov 2021 - 17h27 | Atualizado em 05 Nov 2021 - 17h27

Após alguns meses de desaceleração, a pandemia de Covid-19 voltou a ganhar foco na Itália, responsável tanto pela quantidade de casos, quanto pela quantidade de internações. Embora o índice de mortes ainda seja inalterável, como forma de conter a situação, foi acionado alerta vermelho pelas autoridades sanitárias.

Segundo o relatório divulgado nesta sexta-feira (5) pelo Ministério da Saúde, as ocorrências semanais do país chegaram a 53 contágios para cada 100 mil pessoas, contra 46/100 mil registrados  na semana anterior. O governo local afirma que com esse novo patamar, pode dificultar os profissionais responsáveis a acompanhar o processo das transmissões. 

Atualmente, a média móvel de casos do Coronavírus, em uma semana na Itália, está em cerca de 4.264, taxa 38% maior do que o mês de setembro. Já o número de internações diárias em UTIs manifesta uma tendência de alta há cerca de duas semanas.  Os centros de ocupação de leitos de UTI por infectados pelo Covid, tiveram uma taxa de 0,3% a mais em sete dias. Ao mesmo tempo, nas áreas de enfermarias, a ocupação também subiu para 0,8%.


(Foto: Reprodução/Markus Spiske/Pexels)


Devido ao crescimento dos contágios, as autoridades italianas estão receosas em relação às consequências da falta de vacinação, já que mais de 7 milhões de pessoas não tomaram nem a primeira dose. O maior sem imunização, esses indivíduos façam com que o Coronavírus se propague rapidamente e continue circulando em amplitude pelomedo é que,  país.   

Agora, como forma de precaver, o governo está exigindo aos italianos a presença do certificado de vacinação ou testagem do Covid em atividades ou eventos públicos. Similarmente, os representantes do órgão Ministério da Saúde, já estão estudando formas de tornar a vacinação obrigatória para determinadas categorias, como por exemplo, idosos ou pessoas que trabalham em contato direto com o público. 

https://lorena.r7.com/post/Pessoas-que-foram-expostas-ao-Covid-19-e-nao-pegaram-o-virus-motivam-estudo

https://lorena.r7.com/post/Vacinacao-contra-o-HPV-reduz-indice-de-casos-de-cancer-de-colo-de-utero-diz-pesquisa

https://lorena.r7.com/post/Poluicao-do-ar-pode-causar-problemas-de-fertilidade-segundo-pesquisadores

Até o presente momento, a Itália soma quase 4,8 milhões de casos e 132.283 mortes desde o início da pandemia. (ANSA)

 

(Foto destaque: Reprodução/CDC/Pexels)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo