Exclusivas

Exclusivo: Melim canta Djavan em novo álbum “Deixa Vir do Coração”

Cantando o amor com a proeza de quem sabe trazer leveza e aflorar sentimentos, a banda Melim lança o seu mais novo projeto, “Deixa Vir Do Coração”.

3 min de leitura
14 Ago 2021 - 12h00 | Atulizado em 14 Ago 2021 - 12h00

A banda niteroiense Melim, composta pelo trio musical Rodrigo, Gabriela e Diogo Melim, lançou recentemente o seu mais novo projeto chamado Deixa Vir Do Coração”, que já está disponível em todas as plataformas digitais. Composto por 13 canções que contemplam a carreira de um dos maiores e mais importantes nomes da cultura nacional de todos os tempos, Djavan, o álbum traz releituras de hits como "Se", "Eu Te Devoro", "Flor de Lis", incluindo a participação mais que especial de do cantor na faixa "Outono".

 

A Melim também irá disponibilizar vídeos das faixas em blocos semanais no YouTube. Com direção de Ricardo Melchiades, os clipes foram gravados no Reuel Studios, localizado na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. O integrante da banda, Rodrigo Melim, conversou com o site Lorena.r7 sobre a produção do álbum e falou suas expectativas com o lançamento e como foi trabalhar ao lado de Djavan.


 

(Foto: Sérgio Blazer)


A banda Melim concedeu uma entrevista exclusiva para o Portal Lorena R7. Confira!

- Primeiramente, quero iniciar agradecendo pela oportunidade. O novo álbum de vocês é uma releitura dos clássicos do cantor Djavan. De onde surgiu essa ideia? 

Essa ideia surgiu de uma maneira muito espontânea. Estávamos juntos no trânsito a caminho de algum compromisso e começamos a falar sobre nossas realizações e sonhos. Tantas coisas que já tínhamos conquistado e outras que ainda queríamos fazer. Falando sobre músicas, artistas e álbuns. E daí veio a ideia louca e maravilhosa de fazer um álbum inteiro de regravações em homenagem ao Djavan.

- A faixa "outono" conta com a participação do homenageado. Como foi trabalhar com o Djavan? 

Foi simplesmente incrível. Não conhecíamos pessoalmente, e eu esperava ansiosamente por uma oportunidade de ir a algum show, mas todos que estavam no RJ a gente estava em turnê em algum lugar pelo Brasil. Ele é simpático e interessado. Estávamos nos sentindo em família, primeiro porque somos irmãos, segundo porque tinham na sala o Max (produtor do disco e filho do Djavan) e o Ricardo (diretor dos clipes) que também é um cara muito querido, super admirador do Djavan. Foi um momento mágico que sempre ficará marcado nas nossas lembranças e podemos reviver a todo momento através desse vídeo “Outono”.

 

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Sidney-Magal-e-eliminado-na-estreia-do-The-Masked-Singer-Brasil

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Jogadores-e-treinador-do-Flamengo-nao-se-calam-diante-caso-de-injuria-racial-em-jogo-da-Libertadores

Leia mais: https://lorena.r7.com/post/Alerta-de-tendencia-O-bone-de-beisebol-e-o-novo-hype-da-moda

- Qual foi o maior desafio de trabalhar com o  Max Viana, produtor musical do álbum, e filho do homenageado?

Max é muito talentoso, educado, esforçado, resumindo, não existiria outra pessoa melhor pra produzir esse disco. Quando a ideia surgiu, logo tivemos o insight de convidá-lo, porque queríamos fazer algo que todos e principalmente o Djavan gostassem. Max conhece as melodias, harmonias, letras e o gosto do pai. E o desafio maior foi a pandemia, principalmente toda a logística e cuidado para realizar as gravações. Max na verdade só facilitou todo o processo e nos ensinou muito, apresentando e nos direcionando nessa obra tão grande e maravilhosa do Djavan. E também é um cara que nos acompanha desde o início da carreira, e temos uma amizade e um carinho recíproco. Ele conhece muito nossa trajetória, nosso som e por isso conseguiu fazer essa mistura musical e emocional de uma forma muito bonita.

- Vocês são de uma época diferente e carregam um público diferente também. Qual a importância desse projeto para a nova geração que acompanha vocês? 

Acho que todas as pessoas deveriam conhecer o trabalho do Djavan. Temos um público muito grande, e uma parte que já conhece o trabalho dele e toda uma nova geração que poderemos ter a honra de apresentar essa musicalidade. Acho que influência é tudo. Se eles curtem nosso som, e o som de tantos artistas brasileiros que se inspiram no Djavan, é muito legal que busquem conhecer mais a fundo a obra. Têm muitos segmentos musicais dentro de um mesmo artista. Uma riqueza de letra, melodia e ritmo extraordinária. Acho que ouvi-lo fará muito bem, e sempre nos fez muito bem. Somos muito gratos a ele por somar tanto na nossa musicalidade.

- Sobre a segunda participação do álbum, o Juliano Moreira é amigo de longa data de vocês. Por que escolheram a música "Nem Um Dia" para cantarem juntos? 

O Juliano é o guitarrista que nos acompanha desde o início da carreira. Ele é de um talento e de um coração incrível; é o cara que está com você na alegria e na tristeza. E é muito humilde de vibe positiva. Já tínhamos vontade de fazer alguma coisa com ele cantando, porque adoramos o trabalho dele. Convidá-lo para fazer parte deste trabalho teve um sabor especial, porque ele é a pessoa que mais nos inspirou a ouvir Djavan. Ele realmente conhece o trabalho completo, todos os dvds, cada faixa, cada arranjo. Fizemos o convite dentro do estúdio. Ele até então já sabia que participaria tocando os violões e ficou super emocionado com a surpresa, porque acima de tudo é apaixonado por música, temos uma amizade incrível. A escolha de ‘Nem Um Dia’ foi de forma analítica, era uma ótima música pra divisão das vozes, e a região mais grave do começo ficou super bem na voz do Ju. Mas tenho certeza de que qualquer canção do Djavan com Juliano Moreira seria especial. Cada vez que assisto o vídeo do nosso feat, sinto como uma celebração; é como uma vitória e com um sorriso no rosto.

- Para finalizar, como vocês esperam que o público receba este novo projeto?

O Feedback tem sido o melhor possível. Sentimos que as pessoas ficaram felizes com o álbum, com a ideia de realizá-lo e pela valorização que demos a uma obra tão importante e pelo resultado. Todos torciam muito para que a gente pudesse realizar mais um de nossos grandes sonhos, que foi gravar com Djavan, e quando se tornou realidade foi muita emoção. Esse disco com certeza vai estar guardado no lugar mais especial do coração. Em homenagem ao Djavan e em dedicatória a todas as pessoas que nos acompanham, que fazem de tudo pra nos ver felizes, aproveitando a matéria também pra mandar um super beijo e agradecer a todos que tiverem lendo. “Deixa Vir Do Coração” está disponível nas plataformas digitais, com todo nosso amor e carinho pra vocês.


(Foto Destaque: Sérgio Blazer) 

Deixe um comentário