Celebridades

Ex-secretária de imprensa da Casa Branca promete expor fatos sobre Melania Trump, esposa do ex-presidente americano Donald Trump

A ex-chefe de gabinete do palácio oficial entrou em detalhes sobre o lançamento de seu livro. A obra contará sua passagem na Casa Branca e sua relação com Donald Trump e, principalmente, Melania Trump

3 min de leitura
16 Set 2021 - 00h25 | Atualizado em 16 Set 2021 - 00h25

Melania Trump, ex-primeira dama e atual esposa do ex-presidente dos Estados Unidos Donald Trump, foi comparada à rainha francesa Maria Antonieta, que viveu entre 1755 e 1793. A comparação foi feita por Stephanie Grisham, ex-secretária de imprensa da Casa Branca durante o Governo Trump, em seu livro “I’ll Take Your Questions Now: What I Saw at the Trump White House”, ou “Vou responder às suas perguntas: O que eu vi na Casa Branca de Trump”, traduzindo para o português.

A data de lançamento do livro da ex-porta-voz da residência presidencial está previsto para ser lançado no próximo dia 5 de outubro, chegando às livrarias norte-americanas. A produção contará como foi o tempo da assessora enquanto esteve no palácio oficial, relatando, principalmente, detalhes e aspectos não noticiados acerca da esposa de Trump. Apesar de não disponível ainda, os trechos comparativos foram divulgados pelo site americano político. 


Stephanie Grisham em evento próximo à Casa Branca. (Foto: Reprodução/Instagram)


 

Grisham é conhecida por nunca ter concedido uma sequer entrevista. Agora, ela irá soltar algumas verdades sobre o governo do ex-presidente republicano, focando em Melania Trump. O trecho disponibilizado pelo Politico demonstra uma conversa entre Stephanie e Melania após a invasão de cidadãos norte-americanos ao Capitólio, em janeiro deste ano (2021). A chefe de gabinete enviou uma mensagem à, então, primeira dama, questionando sobre como ela se pronunciaria em relação às manifestações as quais vinham acontecendo.

Você quer tweetar que protestos pacíficos são direito de todo americano, mas que não há lugar para ilegalidade e violência?”, perguntou Grisham. A esposa de Trump, logo, respondeu, de maneira breve: “Não”. Stephanie contou, ainda ao Politico, mais uma passagem exclusiva do lançamento. De acordo com a assessora, em seu livro, a ex-primeira dama estava realizando uma sessão fotográfica no momento da troca de mensagens.

Grisham detalha, inclusive, uma outra certa polêmica envolvendo suas conversas com Melania. Stephanie teria escrito uma nova mensagem de texto para a cônjuge de Trump, perguntando se deveria estabelecer contato com Jill Biden, esposa do atual presidente americano Joe Biden, sobre o chá de inauguração. Novamente, a assessora teria sido respondida de maneira “seca” por Melania, a qual acreditava que não deveria haver a cerimônia por pensar que a eleição havia sido “ilegal”. Stephanie Grisham renunciou seu cargo horas depois dos acontecimentos.

Cinco dias depois dos protestos no Capitólio, Melania teria, finalmente, pronunciado-se em relação às ocorrências. No discurso, ela alegou estar “decepcionada e desanimada” com os recentes episódios, ressaltando que “achava vergonhoso” todos os ataques direcionados a si.


Livro "I'll Take Your Questions Now: What I Saw at the Trump White House", de Stephanie Grisham, tem lançamento previsto para 5 de outubro. (Foto: Reprodução/Instagram)


 

Maria Antonieta era a esposa de Luís XVI, rei da França, na época. Seu início na Coroa foi marcado por admiração e amor por parte de seus súditos. No entanto, com o passar do tempo, ela foi “se perdendo” e representando o que o povo francês menos contemplava na família real. Livros indicam que Antonieta vivia em uma “realidade paralela” –ou, a famosa “bolha”, distanciando-se daquilo que a população francesa realmente vivia e necessitava.

Daí, identifica-se a comparação feita por Grisham em seu livro. A rainha francesa ficou marcada pela frase “se o povo não tem pão, que coma brioches”, sofrendo, posteriormente, sua punição: a decapitação. Haja vista que Stephanie possuía relações com o Partido Republicano de Donald Trump desde 2015, ela convivia bastante com Melania. Após passar anos defendendo a ex-primeira dama, ela entendeu qual era a relação entre a monarca e a esposa de Trump. “Na verdade, ela é muito parecida com a infortunada rainha. Arrogante. Derrotada. Ignorante”, esbravejou Grisham.

 

https://lorena.r7.com/post/Ariana-Grande-tem-casa-invadida-por-homem-armado

https://lorena.r7.com/post/Khloe-Kardashian-desabafa-depois-de-ser-barrada-no-Met-Gala

https://lorena.r7.com/post/Klhoe-Kardashian-e-acusada-de-gordofobia-em-entrevista-feita-em-2019

 

Com os rumores acerca do lançamento de sua tão aguardada obra, a ex-chefe do gabinete sofreu ataques do escritório de Melania Trump. Na declaração, o conteúdo afirmava que Grisham tentava “se redimir de seu passado, seja profissional ou pessoal”, incluindo mentira e traição por parte da assessora. “A intenção por parte deste livro é óbvia. É uma tentativa de se redimir após um mau desempenho como secretária de imprensa, relacionamentos pessoais fracassados e comportamento não profissional na Casa Branca. Por meio da mentira e da traição, ela busca ganhar relevância e dinheiro às custas da Sra. Trump”, diziam os representantes na mensagem.

 

(Foto Destaque: Melanie Trump e Donald Trump. Reprodução/Instagram).

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo