Saúde

Endoscopia: alguns pacientes podem ficar ‘sem filtro’ ou com amnésia após o procedimento.

Ao perderem o “filtro” após endoscopia digestiva, pacientes acabam contando coisas que não gostariam e em alguns casos, possíveis esquecimentos são observados.

3 min de leitura
13 Dez 2021 - 16h31 | Atualizado em 13 Dez 2021 - 16h31

A endoscopia digestiva pode ser um exame incômodo de ser realizado e, além do procedimento, outra preocupação é a respeito de possíveis reações aos medicamentos utilizados durante a sua realização. As possíveis reações que amedrontam os pacientes que pretendem realizar o exame são a possibilidade de perda momentânea de memória, algum tipo de amnésia e contar algo que não queiram , ou seja perder o “filtro”. A endoscopia digestiva é um exame que, com auxílio de uma microcâmera inserida pela boca, analisa a região do esôfago, estômago e duodeno (primeira porção do intestino delgado).  Para que o exame seja realizado, sem desconforto, é necessário o uso de alguns sedativos, isso faz com que os pacientes se sintam relaxados e possam dormir durante todo o procedimento.


Imagem de um estômago com sendo feito exame (Foto: Reprodução/Fotolia)


Atualmente, os aparelhos que realizam endoscopia são equipados com câmeras sensíveis e de alta definição, que permitem verificar com precisão a superfície dos órgãos. Além disso, podemos realizar a magnificação da imagem e filtros de cromoscopia que auxiliam no diagnóstico precoce. O procedimento é indicado para pacientes que tenham histórico familiar de problemas digestivos, além dos que apresentam dor e queimação na boca do estômago, má digestão, azia, sensação de estufamento após ingerir pequenas porções de comida, e perda de peso e/ou anemia sem motivo aparente", explica o Dr. Tomazo Franzini, diretor da Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva (SOBED).

Cientistas afirmam que ter filhos pode mudar a estrutura do cérebro (r7.com)

Vacinação avança em 8 Estados e a 1ª dose chega a 90% do público-alvo (r7.com)

Beber água durante as refeições pode melhorar a performance mental e física (r7.com)


Segundo especialistas, não há motivo de preocupação quanto às reações após a conclusão do procedimento. O ideal é que o paciente vá para casa e faça repouso, assim que  for liberado do local do exame, também é importante esperar aproximadamente 8 horas para que o efeito do sedativo passe completamente, dependendo do tipo de medicamento utilizado. Algumas outras reações relatadas por pacientes são: sonolência, tremor e falta de sensibilidade. 

Além de capturar imagens, o exame de endoscopia também é usado para realizar biópsias e identificar doenças como: Esofagite (inflamação da mucosa esofágica), Gastrite (inflamação da mucosa gástrica) e Úlceras.

 

Foto Destaque: Paciente em preparo para realização de endoscopia digestiva. Reprodução/ Shutterstock.

Deixe um comentário