Cinema/TV

Emmy 2021 bate recorde de indicados não-brancos nas categorias de atuação

Emmy 2021 tem recorde de atores não-brancos indicados nas categorias principais, com produções como Lovecraft Country e Hamilton liderando o número de indicações.

3 min de leitura
13 Jul 2021 - 17h26 | Atulizado em 13 Jul 2021 - 17h26

As categorias principais de atuação do Emmy 2021 tiveram recorde de indicados não-brancos nessa edição. Lovecraft Country Hamilton lideram as produções responsáveis por essa marca. Jonathan Majors e Jurnee Smollett, de Lovecraft Country, são os primeiros atores negros a serem indicados nas categorias de ator e atriz principal pela mesma série, juntamente com Billy Porter e Mj Rodrigues, concorrendo nessas mesmas categorias por PoseLovecraft Country também se torna a primeira série a trazer atores negros indicados em todas as principais categorias de atuação, com Michael K. Williams e Aunjanue Ellis concorrendo como Melhor Ator e Atriz Coadjuvante em Série Dramática.

Mj Rodriguez também fez história como a primeira mulher trans a ser indicada numa das categorias principais e apenas a terceira a ser indicada no geral, com Laverna Cox e Rain Valdez tendo sido as únicas antes dela.


Daveed Diggs em Hamilton (Reprodução/Twitter)

Hamilton, lançado no Disney+, agora detém o segundo maior número de indicações por atuação nas categorias de Minissérie/Telefilme. Com Lin-Manuel Miranda, Leslie Odom Jr., Daveed Diggs, Anthony Ramos, Jonathan Groff, Renée Elise Goldsberry e Philipa Soo indicados, a peça ultrapassa The Glass Menagerie (1973), And the Band Played On (1993) e The Normal Heart (2014), que tiveram cada uma seis indicações nos seus respectivos anos. Apenas Olhos que Condenam (2019) segue na frente da peça, com oito indicações na edição em que concorreu. 

Tirando Miranda e Groff, todos os indicados são pessoas não-brancas. Philipa Soo é a primeira atriz asiática a ser indicada a Melhor Atriz Coadjuvante em Minissérie ou Telefilme.

Michaela Coel (Black Earth Rising, Chewing Gum) concorre como Melhor Atriz em Minissérie ou Telefilme por I May Destroy You, criada, co-dirigida, escrita e produzida por ela.


Os indicados a Melhor Ator em Série Dramática (Reprodução/Twitter)

Em Melhor Ator em Série Dramática pela primeira vez pessoas racializadas, especificamente homens negros, são a maioria nas indicações com Sterling K. Brown (This Is Us), Jonathan Majors (Lovecraft Country), Regé-Jean Page (Bridgerton) e Billy Porter (Pose) concorrendo. Caso Brown ou Porter vença novamente um deles pode se tornar o segundo ator negro a alcançar essa marca, o primeiro tendo sido Bill Cosby.

'Pantera Negra 2: Wakanda Forever' já teve 5 versões diferentes

Conheça 'Young Royals', nova série LGBTQIA+ teen da Netflix

Spike Lee fala sobre como depois de mais de 30 anos 'Faça a Coisa Certa' continua relevante

Em Melhor Atriz em Série Dramática, temos o maior número de mulheres não-brancas já indicadas na história do Emmy, com Uzo Aduba (In Treatment), Mj Rodriguez (Pose) e Jurnee Smollett (Lovecraft Country). Apenas duas mulheres negras já venceram essa categoria antes (Viola Davis por How to Get Away with Murder e Zendaya por Euphoria).


As indicadas em Melhor Atriz em Série Dramática (Reprodução/Twitter)


Nas categorias mais "por trás das câmeras", como roteiro, não se vê o mesmo número de indicados racializados. Isso, somado ao histórico da premiação, torna evidente que a indústria ainda precisa evoluir muito nesse ponto, mas os números alcançados nesse ano indicam que uma mudança, ainda que lenta, está ocorrendo.

(Foto destaque: Jonathan Majors, Jurnee Smollett e Michael K. Williams em Lovecraft Country. Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário