Esportes

Cruzeiro empata, chega a 9 jogos sem vitória e Mozart entrega o cargo

Cruzeiro e Londrina ficam apenas no empate. Situação que deixa a raposa na segunda colocação da zona de rebaixamento. O técnico Mozart não aguentou a pressão e entrega o cargo de técnico cruzeirense.

3 min de leitura
02 Ago 2021 - 22h51 | Atulizado em 02 Ago 2021 - 22h51

Cruzeiro e Londrina criam bastante, mas ficam apenas no empate por 2 a 2. A equipe mineira chega a 9 rodas sem vitória no campeonato, situação que deixa a raposa na segunda colocação da zona de rebaixamento. O técnico Mozart não aguentou a pressão de mais 2 pontos desperdiçados e entrega o cargo de técnico cruzeirense.

Leia mais: Em enquete apenas 14 da população japonesa estaria disposta a ver as olimpiadas acontecerem em seu pais.

Rebeca é mendalha de ouro

Brasil perde para Canadá e está eliminada

Com mais um empate, aumentando uma sequência que parece não ter fim, o Cruzeiro chega a 9° rodada sem somar os 3 pontos. Dessa vez, no Mineirão, a equipe chegou a sair na frente do placar com Bruno José, mas tomou a virada não muito tempo depois. Com a entrada de Marcinho e Wellington Nem, jogadores preteridos pelo até então técnico do Cruzeiro, o time melhorou bastante, criou mais chances e com Marcelo Moreno, após boa jogada de Marcinho, conseguiu buscar o empate.

 

Com esse resultado Mozart Santos pediu demissão e entregou o cargo de comandante da equipe à disposição da diretoria. A pressão vinha se intensificando com os resultados ruins, posição na tabela e decisões em campo questionadas pela torcida. Mozart dá adeus à Toca da Raposa com apenas duas vitórias (Ponte e Vasco), sete empates (Brasil-RS, Guarani, Botafogo, Goiás, Coritiba, Vila Nova e Londrina) e quatro derrotas (Avaí, Remo, CSA e Operário). O aproveitamento foi de apenas 33,3% na trajetória.

Agora o Cruzeiro está livre para ir ao mercado buscar seu novo comandante, Vanderlei Luxemburgo é o nome mais cotado.

 


Foto: Reprodução/Instagram


 

CRUZEIRO 2X2 LONDRINA

 

Cruzeiro

Fábio; Ramon, Léo Santos (Marcinho) e Eduardo Brock; Norberto, Flávio (Adriano), Rômulo (Giovanni) e Felipe Augusto; Rafael Sobis (Wellington Nem), Bruno José e Marcelo Moreno. Técnico: Mozart

 

Londrina

César; Matheus Bianqui, Marcondes, Augusto e Felipe Vieira; Tárik, Marcelo Freitas (Jean Henrique) e Celsinho (Luiz Henrique); Lucas Lourenço (Tiago Orobó), Safira (Júnior Pirambu) e Douglas Santos (Gegê). Técnico: Márcio Fernandes

 

Gols: Bruno José (aos 14'1ºT); Matheus Biaqui (aos 24'1ºT); Douglas Santos (aos 43'1ºT); Marcelo Moreno (aos 30'2ºT)

Cartões amarelos: Léo Santos, Eduardo Brock, Bruno José, Norberto (Cruzeiro); Felipe Vieira, Safira (Londrina)

Motivo: 15ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro

Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)

Data e horário: 30 de julho de 2021 (sexta-feira), às 21h30

Árbitro: André Luiz de Freitas Castro (GO)

Assistentes: Tiago Gomes da Silva (GO) e Hugo Sávio Xavier Correa (GO)

 

 

 

(Foto destaque: ggaleixo/Cruzeiro)

Deixe um comentário