Money

Azul tem interesse em comprar a Latam Airlines caso processo de reestruturação não dê certo

A Azul pretende comprar a totalidade da empresa chilena Latam, porém não há pretensão de venda da parte deles, a menos que o processo de reestruturação não seja um sucesso, forçando automaticamente a venda.

3 min de leitura
04 Nov 2021 - 00h00 | Atulizado em 04 Nov 2021 - 00h00

A Azul é uma companhia aérea Brasileira fundada e homologada em 2008 por David Neeleman, já a Latam faz parte de um grupo chileno, as duas são grandes companhias aéreas que se dependesse da Azul seriam uma só, atualmente a empresa demonstrou real interesse na compra da companhia.

A Azul realmente quer comprar a Latam Airlines Group, porém os criadores estão fazendo um plano de reestruturação que terá que ser apresentado até dia 23 de novembro, depois de cinco pedidos de prorrogação, podendo ou não dar certo e fazendo com que a Azul fique pronta para fazer a oferta.


Aeronave da azul (Foto: Divulgação/Instagam)


"A companhia está se preparando para entregar seu plano de reorganização no contexto do Chapter 11 com previsão de saída ainda este ano, se reerguendo com mais eficiência e custos mais enxutos em suas operações nacionais e internacionais", informou a empresa por meio de nota.

"Isso permitirá emergir de forma bem-sucedida do processo, em conformidade com a legislação vigente tanto dos Estados Unidos como do Chile, considerando o direito de subscrição preferencial dos acionistas no Chile", disse a companhia em nota.

 

https://lorena.r7.com/post/Estado-critico-de-Celine-Dion-preocupa-familia

https://lorena.r7.com/post/La-Casa-de-Papel-tem-parte-final-divulgado

https://lorena.r7.com/post/Luan-Santana-assume-namoro-com-Izabela-Cunha


Anteriormente a Azul estava interessada em comprar apenas uma parte da Latam, mas em uma entrevista ao Diário Financeiro, John Rodgerson, presidente da Azul disse que o agora o plano é comprar e manter a empresa inteira. “Compraríamos todo o ativo. Acredito que o grupo tem muito valor e não estamos pensando em cindir ou vender divisões”, declarou.

Representantes da Latam não responderam imediatamente aos e-mails solicitando comentários. No passado, a companhia aérea disse que não tinha intenção de vender nenhuma de suas partes e parece que que mantiveram a mesma posição, após questionamentos a Latam disse que pretende entregar seu plano de reestruturação ainda este ano e que a empresa não esta a venda.

 

Foto Destaque: Avião Latam. Divulgação/Instagram

Deixe um comentário