Celebridades

Estado crítico de Celine Dion preocupa família

O estado crítico da cantora Celine Dion preocupa família e faz com que a artista tenha que cancelar sua extensa agenda da turnê 'Courage World Tour'.

3 min de leitura
03 Nov 2021 - 21h30 | Atualizado em 03 Nov 2021 - 21h30

Ícone dos anos 90 e 2000, Celine Dion marcou época dos casais apaixonados com seus singles românticos. Agora, a cantora que se apresentava bastante debilitada desde a morte de seu grande amor, René Angelil e seu irmão Daniel, dois dias depois, não consegue sair da cama e tampouco andar.

Familiares estão preocupados com a artista de 53 anos e externaram à revista Here. Os shows em Las Vegas tiveram que ser adiados devido essa fragilidade da cantora. “Ela não consegue mais se levantar da cama, nem se mover, nem andar. Ela sofre dores nas pernas e pés que a paralisam. Ela está muito fraca e perdeu muito peso”, revelou fonte próxima.

O que de fato ocorre com Dion, são espasmos musculares graves e persistentes, que atingem a região dos membros inferiores, segundo relatou sua equipe em comunicado oficial. “É uma doença que pode exigir uma longa convalescença. Se as coisas não melhorarem, ela pode ficar afastada por vários meses ou até um ano. Porque seus sintomas são mais preocupantes do que o esperado”, finalizou a fonte.


Celine Dion em um raro momento aparentando saúde (Foto: Reprodução/Instagram)


Claudette, irmã da artista, trouxe notícias mais animadoras a respeito do estado de saúde de Celine onde explica que os problemas enfrentados pela pop star estão diretamente relacionados aos anos em que se apresentou no “palco íngreme” do Caesars Palace.

“O que está acontecendo com ela é doloroso. Mas não há nada de sério, caso contrário ela teria me dito. Celine não hesita em confidenciar e me pedir conselhos quando algo está errado. Ela trabalhou muito para este retorno. É sempre a mesma coisa: ela é terrivelmente exigente consigo mesma. O corpo dela disse pare”, relatou Claudette apontado que a causa da debilidade da irmã é devida aos efeitos da pré-menopausa.

 

https://lorena.r7.com/post/Segunda-noite-de-Show-de-Famosos-teve-Celine-Dion-Pitty-e-Daniel-como-homenageados

https://lorena.r7.com/post/Britney-Spears-manda-recado-para-a-familia-Grata-por-sairem-da-minha-vida

https://lorena.r7.com/post/Luan-Santana-assume-namoro-com-Izabela-Cunha


Não é de hoje que a magreza excessiva de Dion preocupa. Há anos rumores de que a estrela sofre de transtornos alimentares a cercam, porém, sempre foram negados por ela. “Eu não tenho um problema alimentar e não há mais nada que possa dizer sobre isso. Meu trabalho exige que eu esteja em ótima forma física. Eu não teria sido capaz de viver até cem shows por ano e viajar incessantemente de um lado a outro do mundo se eu tivesse comido muito ou não o suficiente, ou se, como afirmam certas revistas, eu me vomitava após cada refeição”, desabafou.

 Há anos vivendo em Henderson, Nevada, onde se apresentou por 16 anos no luxuoso coliseu Caesars Palace, Celine tem a agenda lotada de compromissos até 2023 da turnê 'Courage World Tour' - a primeira sem a supervisão de Angelil  - onde o último show deveria ocorrer no dia 17 de julho.


Comunicado oficial da artista em publicação na sua rede social (Foto: Reprodução/Instagram)


Depois de ser obrigada a parar com as apresentações em decorrência da pandemia mundial, mais uma vez esse contratempo a tirou dos palcos e isso afetou demais o estado emocional da estrela que externou seu descontentamento em seu perfil no Instagram. “Meu coração está partido por esta situação. Minha equipe e eu estamos trabalhando em nosso novo show há oito meses e não poder subir ao palco em novembro me entristece além das palavras”, lamenta. Os espetáculos que iriam iniciar no dia 5 de novembro tiveram de ser cancelados.

 

Foto Detaque: Celine Dion. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário