Esportes

Vasco vence o Brusque e avança na tabela

Com gol de Nenê, o Vasco avança na tabela e alcança os 37 pontos, ficando cada vez mais próximo do G4. A derrota do CRB para o Avaí consolida a 7ª posição do cruzmaltino na 26ª rodada.

3 min de leitura
26 Set 2021 - 13h00 | Atulizado em 26 Set 2021 - 13h00

A 26ª rodada da série B do Campeonato Brasileiro serviu para dar gás ao cruzmaltino. Na última sexta-feira (24), o Vasco venceu o Brusque por 1 a 0 e chega aos 37 pontos na tabela mesmo com polêmicas da arbitragem, gramado em más condições e um jogador a menos.  

 

Destaque nas três partidas que jogou desde que voltou ao Vasco, o meia de 40 anos, Nenê marcou o único gol do jogo aos 11 minutos do segundo tempo e dá esperança ao torcedor vascaíno ao demonstrar disposição nesse momento difícil do clube. Ao fim do jogo, Fernando Diniz tentou substitui-lo, porém o jogador se recusou a sair do campo e pediu para jogar até o final. Veja o gol:


 


Outro destaque da partida de ontem foi o VAR. No primeiro tempo, o VAR foi acionado duas vezes, anulando dois gols do Brusque. Aos cinco minutos do primeiro tempo, Nonato abriu o placar depois de uma cobrança de escanteio, mas o impedimento foi marcado. Em seguida, Edu tentou marcar o primeiro gol válido do Brusque com assistência de Jhon Kley, mas o VAR também assinalou impedimento e assim, começaram as polêmicas. Em imagens divulgadas pela CBF ao Sportv, foi possível ver que a linha de impedimento foi traçada da forma errada, nos pés do lateral Zeca, ao invés dos de Leandro Castan 

 

A segunda polêmica do VAR foi a expulsão de Léo Matos aos 43 minutos do primeiro tempo. Em um lance acidental, Léo Matos acertou o braço no rosto do jogador Claudinho após a cobrança de escanteio. O árbitro checou o VAR e entendeu que o lance foi proposital e expulsou o camisa 3. A decisão do árbitro gerou comentários marcantes de Leandro Castan e do técnico Fernando Diniz. “O que eu vejo não é novidade nenhuma. O VAR sempre prejudica o Vasco. Contra o Vasco, o VAR é um leão, a favor é um gatinho”, disse o zagueiro. “O Léo foi expulso, a meu ver, de forma injusta. Ele é um jogador muito leal”, completou o técnico.


 Comemoração do Gol do Vasco (Reprodução/Twitter)


 

Após grande espera, Daniel Alves diz 'não' ao Fluminense 

David Luiz é relacionado e há possibilidade de ser o titular contra o Barcelona SC pela Libertadores

Em má fase, Isla sofre críticas dos torcedores e apaga as fotos com a camisa do Flamengo em rede social

 

Outro fator importante nessa rodada fez o torcedor vascaíno respirar tranquilo. Neste sábado (25), o Avaí venceu o CRB por 1 a 2, deixando o Vasco ainda mais próximo do G4. O gigante da colina precisa de nove vitória para retornar à Série A. O próximo jogo do Vasco será contra o Goiás, às 20h, em casa e com presença do torcedor.  

 

Foto destaque: Comemoração do Gol de Nenê (Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário