Celebridades

'Ser mãe demanda tempo, construção, energia e criatividade', diz Isis Valverde

A atriz Isis Valverde, que é casada com o modelo Andre Resende e mãe de Rael de 3 anos, posou para a capa da revista 'Cidade Jardim' e falou da sua vida pessoal em entrevista

3 min de leitura
06 Dez 2021 - 18h00 | Atulizado em 06 Dez 2021 - 18h00

A atriz Isis Valverde realizou um ensaio de capa para a revista 'Cidade Jardim' junto de seu marido, Andre Resende, modelo. Mas não foi apenas isso. A artista abriu seu coração e falou sobre casamento, maternidade, redes sociais e outros temas. 

"Casamento é uma instituição que pode ser falida ou não - depende da forma como você vai administrar os sentimentos, o amor, o respeito, o ciúme, tudo isso que habita dentro da gente. Tem gente que tem relação fechada, tem gente que tem relação aberta, estamos no século 21, são muitas as possibilidades de relacionamento. Não existe dizer: ‘É assim que vai dar certo’", disse.


Isis Valverde e o marido Andre Resende. (Foto:Reprodução/Instagram)


Isis é mãe de Rael, de 3 anos de idade, e conta que tinha muito medo quando o filho nasceu, e acredita que nada é saudável quando é feito por um dia todo. "Ser mãe demanda tempo, construção, energia, criatividade. Você tem que saber que se torna totalmente responsável pelo seu filho, e isso é algo que assusta muito quando o bebê nasce. Eu nasci uma mãe muito assustada quando o Rael chegou ao mundo", conta. "Uma mãe é uma mulher também, que pode ser uma mulher sensual, uma mulher sexual, uma mulher criativa. Cada pessoa tem a sua maternidade, a liberdade para maternar da sua forma. Aliás, maternar é superimportante, mas, na minha opinião, nada que se faz 24 horas é saudável."

 

https://lorena.r7.com/post/Atriz-Lilia-Cabral-lamenta-morte-repentina-de-Mila-Moreira

https://lorena.r7.com/post/Primeira-noite-da-Farofa-da-Gkay-tem-muitos-beijos-e-reencontros-entre-famosos

https://lorena.r7.com/post/Cleo-reflete-sobre-o-empoderamento-feminino-e-machismo


Além de ser atriz, Isis disse que gosta muito de escrever, mas que parou um pouco após a morte de seu pai. "Escrever é uma espécie de exorcismo para mim, é onde eu mato todos os meus demônios, coloco para fora tudo aquilo que tenho vontade. Tenho uns textos novos, mas nada como o livro que eu publiquei. Depois que meu pai morreu [em janeiro de 2020], não tenho escrito muito." 

Mas, nem tudo é trabalho, não é mesmo? A atriz disse ter se identificado com o TikTok, uma rede social que ganhou forças na pandemia. A atriz conta com 17,7 milhões de seguidores na plataforma. "Eu costumo dizer que a rede social é meio terra de ninguém, todo mundo atirando para tudo que é lado, você tem que estar sempre ali com cuidado. O TikTok, por exemplo, é uma rede na qual eu me encontrei na pandemia, e eu ainda pinto e bordo. Eu danço errado, faço dublagem maluca, me permito rir de mim mesma. Em outras redes, sou mais comedida. Também estamos em um momento de construção social muito importante. Se eu não tenho um conhecimento amplo sobre um assunto, prefiro ficar quieta." disse.

 

Foto destaque: Isis Valverde e seu filho Rael. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário