Esportes

Senol Gunes é demitido da seleção da Turquia

Federação Turca anunciou nesta sexta (10), o desligamento do treinador Senol Gunes. Após a derrota contra o time holandês, uma das maiores goleadas sofridas, a federação e o treinador chegaram em comum acordo pelo desligamento do profissional.

3 min de leitura
10 Set 2021 - 17h40 | Atulizado em 10 Set 2021 - 17h40

Após a derrota da Turquia por 6-1 contra a seleção da Holanda pelas eliminatórias europeias da Copa do Mundo de 2022, a federação tuca anuncia a demissão do treinador Senol Gunes nesta sexta (10).


Federaçao Turca comunica a saída do treinador Senol Gunes (Foto: Cesare Abbate/EPA)


A separação foi decidida de comum acordo com o técnico da seleção”, informou a federação após uma de suas maiores derrotas da equipe nos últimos anos.

Foi a segunda passagem de Senol Gunes pelo comando da seleção turca, após ter ocupado o cargo de treinador entre 2000 e 2004. Na sua primeira passagem, ele foi o responsável pelo maior feito do futebol do seu país, ao alcançar um terceiro lugar na Copa do Mundo de 2002, na Coreia do Sul e Japão.

Carlos Queiroz é anunciado como novo treinador do Egito

Com presença de público, Grêmio ameaça não entrar em campo contra o Flamengo

Lisca pede as contas e deixa o Vasco

Na última data Fifa empatou em 2 a 2 com Montenegro, derrotou a seleção de Gibraltar por 3 a 0 e foi goleada pela Holanda na terça-feira.

"Eu sou o único responsável. O fracasso é meu", disse Gunes após esta partida.

Ele estava no cargo desde 2019, deixando a Turquia na terceira posição na tabela das eliminatórias no Grupo G, com 11 pontos a dois em relação ao time da Noruega e Holanda, todos com seis jogos na competição. Na Eurocopa decepcionaram, com três derrotas, Itália, Suíça e País de Gales, conquistando sua pior campanha no torneio.

A federação, que não anunciou o seu sucessor, desejou ao treinador "boa saúde e sucesso no futuro".

O nome do sucessor de Senol Gunes ainda não foi revelado pela federação.

(Foto de capa: Senol Gunes não é mais treinador da Turquia/Reprodução: Getty Images)

Deixe um comentário