Money

Saiba quais negócios a pane do WhatsApp afetou

A paralização do WhatsApp de aproximadamente 6 horas na última segunda (5), prejudicou o mundo inteiro e foi de usuários comuns aos grandes mercados financeiros e tecnológicos.

3 min de leitura
06 Out 2021 - 18h00 | Atulizado em 06 Out 2021 - 18h00

A pane de aproximadamente 6 horas nas principais redes socias na última segunda (5), não afetou somente seus usuários convencionais, mas também o mercado financeiro e tecnológico mundial. Usuários de outras plataformas que estavam disponíveis no momento relataram que o mercado de petróleo russo, um dos mercados mais ricos do mundo, foi afetado e até o mercado das criptomedas que é voltado totalmente ao mundo digital. A paralização da plataforma só não foi catastrófica para essas empresa  por que elas recorreram  em tempo às redes sociais alternativas, como o Telegram e o Twitter.


Relatório dos usuários do WhatsApp na plataforma do Downdetector durante a pane (Foto: Reprodução/Downdetector)


Apesar de muitas instituições financeiras irem contra seus funcionários utilizarem as funcionalidades da plataforma WhatsApp, o que justifica é que esta modalidade se tornou popular entre os especialistas do mercado financeiro, traders, para se comunicarem com os clientes do mercado de balcão .

A plataforma Facebook culpou uma mudança de configuração defeituosa. O BCB Group sediada em Londres é uma empresa que vende serviços do mercado financeiro, que foi altamente prejudicada por conta da paralização, pois a pane ocorreu por volta de 16h um horário de pico para os operadores.

 

Ler mais: Facebook, Whatsapp e Instagram caem e deixam milhões de usuários sem acesso

Ler mais: Como a Nike ajudou Steve Jobs a levantar a Apple

Ler mais: Conheça a meta projetada pelo Mc Donald's de emissão liquida zero da rede em até 2050


Outra empresa prejudicada foi a VoxSmart. O presidente executivo, Oliver Blower, falou um pouco sobre o uso do WhatsApp como ferramenta de trabalho para a revista Reuters "O uso do WhatsApp entre traders financeiros monitorados pela empresa de vigilância de comunicações VoxSmart disparou após bancos passarem a aceitar que os clientes querem usar a plataforma, ainda que os chefes prefiram que seus funcionários usem canais de mensagem oficiais", disse.

É importante ressaltar que o serviço de mensagens instantâneas fornecido pelo WhatsApp é utilizado com frenquência pelo mercado financeiro da Europa Continental e da região Ásia-Pacífico, segundo Oliver.

A falta de serviços que atingiu o WhatsApp, o Facebook, o Instagram e Mensseger até o momento foi a maior já detectada pelo grupo de monitoramento de rede Downdetector.

 

Foto Destaque: Logo Facebook, Whatsapp e Instagram. Reprodução/Twitter

Deixe um comentário