Bem Estar

Saiba o que causa espasmos musculares, circunstância que afeta Céline Dion

Aos 53 anos de idade e vítima de espasmos musculares, a artista Céline Dion afirmou que irá adiar sua temporada de shows em Las Vegas, Estados Unidos. Saiba mais o que é e quais são as causas das contrações.

3 min de leitura
19 Nov 2021 - 12h30 | Atulizado em 19 Nov 2021 - 12h30

A cantora de renome mundial, Céline Dion, informou por meio de suas redes sociais o afastamento por tempo indeterminado de suas atividades profissionais. O motivo seriam os espasmos que afetam suas pernas e pés. Em seu comunicado, a artista afirma que tem sentido "espasmos severos e persistentes”. 

Apesar de estar sendo avaliada por médicos qualificados, a irmã da cantora informou à revista ”Here” que ela está sem conseguir andar ou levantar da cama, por estar muito fraca. “Ela sofre de dores nas pernas e pés que a paralisam. Ela está muito fraca e perdeu peso [...] O que acontece é doloroso, mas nada sério”, disse a familiar.


Comunicado do afastamento à imprensa. (Foto: Reprodução/@celinedion/Instagram)


Saiba mais sobre o espasmo:

O espasmo muscular é uma contração involuntária que acontece nos músculos, o qual pode aparecer em diversas situações e em qualquer pessoa. Além disso, eles são classificados em duas categorias: tônico e clônico. Respectivamente, um se trata de enrijecimento persistente e doloroso, enquanto o outro é contração e relaxamento, que acontecem de tempos em tempos.

https://lorena.r7.com/post/Pesquisadores-do-Canada-trabalham-em-exame-que-facilita-diagnostico-de-tumor-cerebral

https://lorena.r7.com/post/Estudo-experimental-de-tratamento-contra-a-depressao-e-realizado-nos-EUA-e-Brasil

https://lorena.r7.com/post/Ultima-fase-do-passaporte-da-vacina-comecara-dia-15-no-RJ


Esse fator pode ser derivado de alguma doença neurológica, a qual envolve algum tipo de tumor ou outro tipo de doença neurodegenerativa. Os espasmos musculares podem ser compreendidos tanto dentro do músculo, quando podem vir de uma forma bem forte e envolver também o sistema esquelético. Por exemplo, se um músculo o qual fica nas costas sofre espasmos, a pessoa também pode desenvolver ferimentos na coluna. Acontecimento em questão que necessita de um acompanhamento e um tratamento profissional. Para os casos mais leves e comuns, a situação pode ser revertida com uso de medicamentos e fisioterapias. A reabilitação desses casos pode variar de pessoa para pessoa, tudo depende do agravamento dos espasmos musculares e do tratamento correto.

 

Foto destaque: Céline Dion. Reprodução/@celinedion/Instagram

Deixe um comentário