Power Couple: Déborah afirma que Mari e Matheus a perseguiam antes do confinamento

Publicado 19 de Jun de 2021 às 11:22

 Durante uma conversa na madrugada da última sexta-feira (18) no Power Couple Brasil 5, Déborah Albuquerque revelou para Li Martins que antes dos casais serem confinados no reality show, um casal já sabia que ela e seu marido, Bruno Salomão, iriam participar do programa. O casal em questão é Mari Matarazzo e Matheus Yurley, que segundo a ex-Ronaldinha, investigaram sobre sua vida antes mesmo do confinamento.

 

 Segundo Déborah, quem revelou o segredo foi o médico que fez os procedimentos estéticos nela e em seu marido. Esse médico também fez uma harmonização facial em Matheus um mês antes da estreia do Power Couple. “A gente tem o mesmo médico lá fora e o médico contou pra eles. A gente teve que contar pro médico por conta dos exames”, explicou Déborah.


Déborah afirma que Mari e Matheus a perseguiam antes do confinamento. (Vídeo: Reprodução/YouTube)


 Então a ex-Ronaldinho revelou qual é o motivo da perseguição: “O médico contou tudo e eles estudaram eu e o Bruno lá fora. Eles entraram com essa raiva da gente. Esse era o único casal que sabia que a gente ia entrar no Power Couple. Vazou pra ninguém, vazou em site nenhum”, afirmou Déborah.

'Power Couple': Li Martins e JP Mantovani são o Casal Power da semana

Márcia Fellipe e Rod Bala são eliminados do 'Power Couple' com 14,51% dos votos

Deborah pede perdão a Geórgia logo após de quebrar o pacto no Power Couple Brasil 5

 Ela finalizou contando que no início do confinamento, Matheus disse que o médico fez a fofoca: “Aí o Dr. Igor que faz rosto [procedimentos estéticos] meu e do Bruno, precisava saber por causa do inchaço né. (…) Ele [o médico] é um cara sigiloso, tanto que não vazou para lugar nenhum, mas ele atendeu Mari e Matheus, então contou. Então eles ficaram lá do lado de fora. Quando a gente chegou ele falou: ‘Eu sabia que vocês iam estar. O doutor Igor contou ''.

 

(Foto destaque: Power Couple: Déborah afirma que Mari e Matheus a perseguiam antes do confinamento. Reprodução/RecordTv)

Deixe um comentário