Cinema/TV

Matt Damon revela que sabia que A Grande Muralha era desastroso

Matt Damon revelou em entrevista, que o filme A Grande Muralha foi a pior experiência de sua carreira. o filme de fato agradou poucos, contando com muitas falhas e polêmicas.

3 min de leitura
30 Jul 2021 - 21h07 | Atulizado em 30 Jul 2021 - 21h07

O ator Matt Damon, conhecido principalmente por Gênio Indomável (1997), Onze Homens e um Segredo (2001) e Perdido em Marte (2015), revelou que um o maior fracasso de sua carreira foi A Grande Muralha, em entrevista ao podcast WTF with Marc Maron. Ele afirmou que sabia que o filme seria desastroso enquanto entrava no set, pois o diretor Zhang Yimou não tinha  perdido todo o controle criativo para os produtor executivos. 

Segundo Damon "Eu pensei: 'É assim que catástrofes acontecem'. O resultado final não é coerente, não funciona como filme. Eu acho que essa é a definição de ser ator profissional: saber que você está em uma bomba e pensar 'bom, tenho mais quatro meses de filmagens. Vamos lá'", ele ainda acrescentou que foi a pior experiência de toda sua carreira até o momento, "Criativamente, é a coisa mais m*rda que você pode sentir, eu acho. Espero nunca ter esses sentimentos de novo".

 


 

Matt Damon (Reprodução/Instagram)


 

A Grande muralha, de 2016, é um filme ação e aventura, que acompanha um grupo cinco de soldados britânicos que estão na China a procura de  "pó negro" (pólvora). William (Matt Damon) e Tovar (Pedro Pascal) acabam sendo os únicos sobreviventes de o ataque de uma misteriosa criatura, eles acabam indo parar na Muralha da China e lá acabam sendo aprisionados pelos guerreiros chineses.

 

https://lorena.r7.com/post/Emma-Stone-esta-considerando-processar-a-Disney

https://lorena.r7.com/post/Viuva-Negra-Scarlett-Johansson-processa-a-Disney-por-lancamento-do-filme

https://lorena.r7.com/post/Dev-Patel-fala-sobre-carreira-e-insegurancas-causadas-por-Skins-e-O-Ultimo-Mestre-do-Ar

 

Conseguindo uma aprovação de apenas 35% no Rotten Tomatoes foi de fato um verdadeiro fracasso de crítica e público. Com batalhas genéricas e em sua maioria exageradas e até escondidas por névoas para esconder as falhas, também tem um roteiro fraco, extremamente linear e clichê, fora a polêmica que envolveu o filme na época de entregar o protagonismo a atores brancos em uma história que o protagonismo não era para ser deles.

Foto destaque (divulgação/ Universal Pictures)

Deixe um comentário