Celebridades

Madonna discute com fã sobre porte de armas: 'Não tenho nenhum guarda-costas armado ao meu redor'

Madonna discutiu com uma fã no Instagram sobre porte de armas, depois de ter sido acusada de ter seguranças armados. Em sua resposta, a cantora afirmou que não tem seguranças armados.

3 min de leitura
16 Abr 2021 - 16h39 | Atulizado em 16 Abr 2021 - 16h39

A cantora Madonna, de 62 anos, discutiu com uma fã sobre o porte de armas, depois de ter sido acusada de andar com seguranças armados. A conversa entre as duas foi divulgada pela filha mais velha da cantora, Lourdes Leon, de 24 anos.

A internauta defendeu o direito da população ao porte de armas de fogo e afirmou que Madonna não vive na mesma realidade que a maioria por ter seguranças - provavelmente armados - que a protegem. A fã ainda sugeriu que esse é o motivo de a cantora ser contra as pessoas portarem armas, "Aposto que você tem pessoas com armas para proteger você e sua família. Mas os pequenos podem ficar desarmados. Se você tirar as armas, os criminosos sempre encontrarão armas. O resto de nós, pessoas inocentes, seremos vítimas. Você vive atrás de muros altos com proteção. Você não vive no mundo real. Os criminosos não temem a polícia, os juízes ou a prisão. Mas se formos uma sociedade armada, eles temeriam as vítimas", escreveu a moça na mensagem.

A rainha do pop não deixou de se posicionar e ainda criticou a polícia em sua resposta, "Não tenho nenhum segurança ou guarda-costas armado ao meu redor. Venha me ver e diga na minha cara como meu mundo não é real. Eu te desafio. Você não sabe nada sobre mim ou minha vida. Os únicos criminosos que vejo agora são os policiais que são pagos para proteger as pessoas. Mas a polícia é protegida por juízes e pelo sistema de justiça criminal, o que é uma piada porque não há justiça se você for uma pessoa de cor”, disse Madonna.


print madonna

Discussão entre Madonna e a fã. (Foto: Reprodução/ Instagram)


A menção da cantora ao racismo no sistema de justiça estadunidense ocorreu em meio à polêmica envolvendo a morte de Daunte Wrigth, um jovem negro de 20 anos. Daunte foi abordado por policiais por circular em um veículo com a documentação atrasada e por pendurar algo no retrovisor. Os policiais encontraram um mandado de prisão em aberto ao verificarem a identidade do jovem e deram voz de prisão a ele, que tentou fugir. Nesse momento, uma policial branca puxou o revólver e atirou em Daunte, que dirigiu por alguns quarteirões, mas foi encontrado morto dentro do carro. A policial alega que pensou ter puxado a arma de choque.


Roteiristas revelam desavenças entre James Franco e Anne Hathaway nos ensaios para apresentação criticada do Oscar

Anitta vence como ‘Melhor Artista Feminina' no Latin America Music Awards e ensina apresentador a sambar

Deborah Secco revela que sempre foi Fã de BBB: ‘quando ainda não era moda gostar do programa’


 

Madonna, que costuma se posicionar com frequência quanto a assuntos polêmicos, não causou surpresa pelo teor crítico da mensagem.

 

(Foto Destaque: Madonna. Reprodução/ Instagram)

Deixe um comentário