Celebridades

Roteiristas revelam desavenças entre James Franco e Anne Hathaway nos ensaios para apresentação criticada do Oscar

A performance de James Franco e Anne Hathaway tem mais de uma década, os artistas apresentaram a 83° edição do Oscar, a ocasião foi muito criticada pela mídia e pelo público. Aparentemente os atritos nos bastidores influenciou a apresentação fina

3 min de leitura
16 Abr 2021 - 14h05 | Atulizado em 16 Abr 2021 - 14h05

A performance de James Franco e Anne Hathaway tem mais de uma década, os artistas apresentaram a 83° edição do Oscar, a ocasião foi muito criticada pela mídia e pelo público. Aparentemente os atritos nos bastidores influenciou a apresentação final. Os roteiristas deram uma entrevista ao site “The Ringer”, e apontaram que os artistas eram diferentes um do outro e isso dificultou os ensaios. “Foi como o encontro às cegas mais desconfortável do mundo entre o garoto roqueiro chapado e a adorável líder de torcida de uma colônia de férias”, comentou David Wild, um dos roteiristas daquele ano, ele também chamou a noite de: “um evento cômico incrivelmente sombrio e significativo em sua vida”.

Os astros nunca tinha apresentado um Oscar ou trabalhado juntos, mas os produtores os escolheram para agradar ao público mais jovem. No ano anterior os apresentadores foram Alec Baldwin e Steve Martin, mas segundo a Entertainment Weekly, a primeira opção era o cantor Justin Timberlake, porém, ele negou o convite.

De acordo com outro roteirista, Jordan Rubin, Anne estava sempre disponível para os ensaios, durante os meses de preparação. “Eu fui na casa dela e trabalhei no roteiro, e ela estava em um monte de ligações, respondendo e-mails, e foi uma grande colaboradora”, lembrou.


Anne Hathaway e James Franco em perfomance no Oscar (Rperodução: Getty)


A consultora da cerimônia na época, Megan Amram, que mais para frente trabalhou como co-produtora executiva da série “The Good Place”, contou que Anne a procurou para ter a certeza que seu personagem apresentaria uma perspectiva feminina.  Ela queria ter certeza de que [suas falas] refletiriam positivamente as mulheres. Eu lembro de pensar que era incrível que isso era importante para ela”, revelou.

James estava indicado naquele ano para o filme “127 horas”, estava gravando outro filmes, e envolvido com questões acadêmicas. Na época, ele dava aula em várias universidades, uma delas Yale. “Ele sempre parecia estar em um voo e era muito difícil para mim conseguir falar com ele. Isso foi um alerta”, comentou Rubin.

Quando os astros finalmente começaram a trabalhar juntos, foi perceptível que tinham personalidades diferentes. “Ela apareceu pronta para se apresentar e 110% comprometida”, afirmou Rubin, que acrescentou sobre James: “era um cara ótimo, mas frequentemente parecia que ele tinha acabado de acordar de uma soneca. É quase como se você estivesse comparecendo a um jogo de tênis e uma pessoa decidiu que ela vai jogar o campeonato U.S. Open, e a outra pessoa quer jogar de jeans e apenas rebater algumas bolas”, apontou.

Com complicações de saúde, Bolsonaro terá que realizar uma nova cirurgia.

Deborah Secco revela que sempre foi Fã de BBB: ‘quando ainda não era moda gostar do programa’

Anitta vence como ‘Melhor Artista Feminina” no Latin America Music Awards e ensina apresentador a sambar

Segundo Rubin, James gostava dessa diferença com a atriz, e queria brincar com isso que nem nos filmes de policias com personagens opostos, porém, houve um momento tenso entre ambos. “Ela estava tipo, ‘Talvez você deva tentar isso’, e a reação dele foi ‘não me diga como ser engraçado’”, comentou o roteirista.

Agora, após 10 anos, os roteiristas conseguiram refletir sobre a experiência de forma positiva. Os artistas também já comentaram sobre o assunto. “Nós recebemos muita m*rda [pela apresentação]. Eu provavelmente recebi mais que ela, mas ela também recebeu um monte”, disse James em 2016 para New York Magazine.

Anne revelou que se divertiu bastante, comandando a cerimônia. “Eu percebi depois, eu atuei para [quem estava presente]; é um teatro de 3.500 lugares, então eu estava apenas mandando energia para os fundos e era como uma festa!”, afirmou em 2012 ao The Hollywood Reporter, e acrescentou: “Foi ótimo! E eu acho que pareceu ligeiramente maníaco e muito líder de torcida na TV. Mas eu não tenho nenhum arrependimento”, afirmou.

(Foto destaque: Roteiristas revelam desavenças entre James Franco e Anne Hathaway nos ensaios para apresentação criticada do Oscar. Reprodução: Getty Images)

Deixe um comentário