Celebridades

Filipe Bragança fala sobre a discussão sobre as drogas em série da Amazon Prime Video

O ator Filipe Bragança estrela a nova série da Amazon Prime Video 'Dom' e fala sobre a importância da representação das drogas, fala sobre a Guerra das drogas e sobre novos projetos.

3 min de leitura
18 Jul 2021 - 15h29 | Atulizado em 18 Jul 2021 - 15h29

O ator de 20 anos Filipe Bragança, conhecido por interpretar Duda no Remake de chiquititas, estrela a a nova série da Amazon Prime Vídeo 'Dom'. A série se passa nos anos 70 e Filipe interpreta a versão jovem de Victor Dantas, pai do traficante Dom (Gabriel Leone), intepretado na fase adulta por Fábio Tolezani.

Em entrevista para a revista Quem o ato diz que o maior desafio da série foi lidar pela primeira vez com um papel e uma história tão densos. "É uma serie com temas complexos e dolorosos, especialmente para nós, brasileiros. E carregar isso com maturidade e responsabilidade é difícil. E claro, eu estava integrando um time de profissionais muito talentosos, e tinha que me provar merecedor de estar ali. Acho que consegui." Diz.

https://lorena.r7.com/post/Spike-Lee-comete-gafe-e-anuncia-vencedor-da-Palma-de-Ouro-antes-da-hora

https://lorena.r7.com/post/Tom-Cruise-estaria-se-afastando-da-Cientologia-devido-a-escandalos-de-seguidores-da-religiao

https://lorena.r7.com/post/Barbara-Paz-fala-sobre-sua-sexualidade

Ao ser perguntado sobre a importancia de retratar um tema que envolve as drogas, ele diz " A discussão sobre as drogas é muito ampla e complexa, muito maior do que 'droga é bom ou ruim'. O cinema, as séries e a arte têm o dever de discutir a sociedade e, enquanto nesse nosso Brasil existirem realidades devastadas pelas drogas, seja pelo uso ou pela violência e corrupção do Estado sobre os cidadãos, histórias como essa podem e devem continuar sendo contadas para que possamos pensar e questionar a forma como as coisas têm sido feitas. Na série, as drogas são um problema desde a década de 70 e seguem sendo um problema até hoje, onde existe uma "guerra às drogas" que mata pessoas, torra dinheiro público e gera mais violência sem sequer chegar perto de resolver o problema. A série mostra que sim, as drogas são um problema, mas que a nossa forma de lidar com elas só agrava a situação."


(reprodução/ youtube/ Prime Video)


Também foi perguntado se tinha em mente outros trabalhos e respondeu dizendo "A pandemia deu uma desacelerada em tudo, além de projetos que eu não posso comentar porque senão alguém me demite (risos), mas o que eu posso comentar hoje é uma animação brasileira em que fiz a voz do protagonista, Abá e sua Banda. Uma animação linda, bem ao estilo Pixar. Dirigida por Humberto Avelar, onde atuei junto com Carol Valença, Robson Nunes, Zezé Motta e Mauro Ramos. Ainda sem data de estreia. Mas garanto que vai ser o máximo, ainda mais sendo uma animação brasileira."

 

(Foto destaque/ Filipe Bragança reprodução/Vinícius Mochizuki/Divulgação)

Deixe um comentário