Celebridades

Evandro Santo rebate críticas por exposição de tratamento contra drogas: ‘Jamais usaria isso para me aparecer’

Aos 46 anos, o humorista Evandro Santo, está hospedado pela quinta vez em uma clínica de reabilitação para tratamento do vício em drogas.

3 min de leitura
27 Jun 2021 - 17h29 | Atualizado em 27 Jun 2021 - 17h29

O humorista Evandro Santo ganhou muita notoriedade após interpretar o personagem Christian Pior, estando no ar durante 11 anos no extinto programa Pânico. Atualmente, aos 46 anos, o artista está hospedado pela quinta vez em uma clínica de reabilitação para tratamento do vício em drogas. Em seu perfil no Instagram, ele compartilhou como está sendo sua nova rotina e fez um desabafo sobre as pessoas que criticaram a escolha dele de expor sua dependência química.

“Eu me mudei para a clínica, para aprender sobre a doença mental, e assim, poder ajudar e palestrar, para que as pessoas não caiam nessa merda que eu cai. Por orgulho, ignorância e teimosia eu não enxerguei a tempo. Eu não preciso disso para me glamourizar, poderia continuar tentando usar escondido. Mas, quem está falando aqui com vocês é um homem, um ser humano em recuperação, querendo salvar outro irmão. Eu jamais usaria isso para me aparecer. Se isso é um problema meu e eu sou uma figura pública, tenho o direito sim de falar e de comentar”, desabafou Evandro.


Evandro Santo revela problemas com as drogas e conta que está na quinta internação. (Reprodução/Instagram)


O humorista também rebateu comentários de que a presença dele nas redes sociais atrapalharia o seu desempenho na clínica: “O tratamento é individual, cada um reage de um jeito. O tratamento de um é diferente do outro, porque cada um tem sua patologia. Eu não tenho televisão no meu quarto, tenho o meu som, mas assisto televisão todos os dias. Só posso ver o Jornal Nacional e uma outra coisa. A internet, o Youtube e a Netflix são liberados para nós sexta, sábado e domingo. Eu sigo todas as regras”.

Leandra Leal critica Bolsonaro no 'Altas Horas': 'Como a gente deixou ser eleito?'

Marina Ruy Barbosa fala sobre ser considerada uma das mulheres mais bonitas do país: ‘É uma bobagem’

Mulher trans que foi queimada viva recebe flores de Whindersson Nunes

Evandro ressaltou que não tem nenhum privilégio e ganha as coisas pelo seu bom comportamento. “Eu acordo as sete horas, antes de todo mundo. Não falto em nenhuma atividade. Sou um dos primeiros a chegar na sala e ajudo quem está chegando. Sou interessado no meu tratamento, no bem estar da clínica e de outros pacientes”, conta.

“Se o seu tratamento for mais de seis meses, você pode decorar o seu quarto do jeito que você quiser. Eu não tenho regalias aqui. Se eu fizer alguma coisa, eu perco ligações, perco visita, perco um monte de coisa”, completou.


Evandro compartilha seu novo quarto na clinica de reabilitação. (Reprodução/Instagram)


 Por fim, ele afirmou que ficará mais de um ano morando na clínica, e que está confiante que terá um bom resultado. Além disso, Evandro acredita que compartilhar sua rotina também ajudará muitas pessoas: “Meu tratamento já deu certo sim...  Assim como eu já fiz muita gente rir e sair da depressão, eu estou ajudando as pessoas que tem medo de uma internação”.

 

(Foto Destaque: Evandro Santo rebate críticas por exposição de tratamento contra drogas: ‘Jamais usaria isso para me aparecer’. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário