Notícias

Encontro entre Lula e Alckmin aumenta a perspectiva de possível parceria em 2022

O encontro de Lula e Geraldo Alckmin no último domingo (15) em São Paulo, aumentou as especulações sobre possível parceria nas eleições presidenciais de 2022.

3 min de leitura
20 Dez 2021 - 13h47 | Atualizado em 20 Dez 2021 - 13h47

O ex-presidente Lula e o ex governador de São Paulo Geraldo Alckmin tiveram o 1º encontro público no último domingo (19). Eles se encontraram em um jantar organizado pelo Prerrogativas, um grupo composto por advogados, artistas, juristas e professores.

O evento foi visto como o primeiro passo de uma possível aliança entre o petista e o ex-tucano para as eleições de 2022. Alckmin, que atualmente se encontra sem partido, afirmou que agora é o momento de se reunir e analisar a situação: “O processo ainda está começando, agora é hora de ouvir bastante, de conversar bastante, hora de grandeza política, hora de união. Vamos aguardar.”

https://lorena.r7.com/post/Chance-de-Alckmin-ser-vice-de-Lula-e-de-99-de-acordo-com-o-presidente-do-PSB

https://lorena.r7.com/post/Segundo-Datafolha-Lula-tem-mais-chances-de-ganhar-2o-turno-das-eleicoes-de-2022-do-que-Bolsonaro

https://lorena.r7.com/post/Queiroga-e-desmentido-por-camara-do-Ministerio-da-Saude-que-apoia-a-vacinacao-infantil


Lula discursou no evento e ressaltou que qualquer rivalidade entre o ex presidente e Alckmin ficou no passado, visto que a situação do Brasil atualmente pede uma união política: "Não importa se fomos adversários e se trocamos algumas botinadas. O tamanho do desafio que temos pela frente faz de cada um de nós um aliado de primeira hora. Estamos unidos pela fé na democracia e perseverança de construir um Brasil melhor."


Lula discursando no evento (Foto: Reprodução/Youtube)


O ex presidente ainda ressaltou que respeita o ex-governador e que a união entre os dois políticos vai depender do partido de ambos. Lula é filiado ao PT e Geraldo Alckmin ainda não é filiado a algum partido, ele deixou o PSDB na última quarta (15), após 33 anos. “Tenho que respeitar o Alckmin, ele deixou o PSDB, ainda não tem partido filiado. Quem vai dizer se a gente pode se juntar ou não é o meu partido e o partido dele. Temos que ter paciência” concluiu o presidente.

 

O encontro contou com mais de 500 convidados. Entre eles, nomes da política brasileira como Gleisi Hoffman (PT), Gilberto Kassab (PSD), o senador Renan Calheiros (MDB), a senadora Simone Tebet (MDB) e o ex-presidente da Câmara, Rodrigo Maia estavam presentes.

O convite para o evento custava 500 reais e todo o valor arrecadado foi destinado a campanhas de combate à fome.

Foto Destaque: Lula e Alckmin em evento em São Paulo. Divulgação/Ricardo Stuckert

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo