Celebridades

Demi Lovato revela acontecimentos sobre a noite em que teve overdose

Demi Lovato concedeu uma entrevista ao "The New York Times" contando alguns acontecimentos sobre sua overdose. A cantora revelou que ainda possui sequelas na visão recorrente a overdose.

3 min de leitura
17 Mar 2021 - 13h02 | Atulizado em 17 Mar 2021 - 13h02

A atriz e cantora norte-americana, Demi Lovato, concedeu uma entrevista ao The New York Times, revelando o que aconteceu na noite em que teve uma overdose. Demi abriu o coração para revelar fatos do caso que aconteceu em 2018.

A cantora está prestes a lançar o seu novo documentário intitulado “Dancing with the Devil”, segundo a revista, o documentário será repleto de admissões da cantora, entre elas uma das mais chocantes, de que Demi teria sofrido um abuso sexual de um traficante.

Sobre essa revelação a revista escreveu: “A overdose dela [Demi] veio depois de seis anos de sobriedade. Ela causou três derrames, um ataque cardíaco e uma falência de órgãos.Teve pneumonia por se asfixiar no próprio vômito; sofreu abalos cerebrais por causa dos derrames e ainda tem problema na visão.”


Imagem pessoal de Demi que estará no documentário. (Foto: Reprodução/Youtube)


A respeito do traficante a revista declarou: “O traficante que lhe trouxe a heroína naquela noite, abusou dela sexualmente, depois a deixou à beira da morte”. Segundo a The New York Times essas falas e revelações serão mostradas na produção do documentário que será lançado em breve.

Na entrevista Demi contou que enquanto estava se recuperando após a overdose, em uma clínica de reabilitação assistiu ao longa de Amy Winehouse, e que isto a fez entender mais sobre a estrela e também sobre sua relação com os “lovatics”, fãs de Demi Lovato. “Eu admirei e valorizei sua vulnerabilidade e transparência com o público, porque isso criou aquela conexão que eu sentia por ela. (...) E é basicamente isso que meus fãs sentem por mim”, disse Demi.

Leia mais: Atriz Cara Delevingne revela que pensou em suicídio devido sua sexualidade

Leia mais: Após traição, noivado de Jennifer Lopez está no fim

Leia mais: Michelle Obama reage às acusações de racismo da Família Real Britânica feitas por Meghan Markle

A cantora declarou que as sequelas na visão permaneceram até mesmo depois dela ter se recuperado da overdose. Segundo Demi, as sequelas a impedem de dirigir e causam efeitos como “manchas solares”. Demi levou cerca de dois meses para recuperar a visão e conseguir enxergar e ler um livro, sobre isso a cantora declarou: “Foi interessante como eu me adaptei. Eu não dei tempo a mim mesmo para me sentir triste por isso. Eu só estava tipo: ‘Como eu conserto isso?’”.

 

(Foto destaque: Demi Lovato revela acontecimentos sobre a noite em que teve overdose. FOTO: Reprodução/Instagram) 

Deixe um comentário