Money

Conheça Gabriel Moraes, o trader que mudou de vida dentro das operações binárias

Conheça Gabriel Moraes, o jovem que conquistou sua independência financeira aos 22 anos com as operações binárias, ganhando de 300 a 400 mil reais por mês.

3 min de leitura
08 Set 2021 - 13h37 | Atulizado em 08 Set 2021 - 13h37

Gabriel Moraes tem apenas 22 anos e já está mudando do interior do Rio de Janeiro para a cidade maravilhosa, mais especificamente para o bairro do Recreio.

O jovem começou a operar com 18 anos mas nunca teve sucesso e nos dias atuais ganha de 300 mil a 400 mil reais por mês.


Casa da Moeda faz homenagem ao nadador Daniel Dias com coleção de medalhas com seu rosto

Mulheres que mostraram seu poder após os 50 anos e mostraram que a idade não é um empecilho para vencer

Banco Central anuncia o PIX Troco e PIX Saque, novas modalidades do PIX


Natural de Rio Bonito, Gabriel viu uma oportunidade de mudar de vida no mercado financeiro e se jogou. Sua renda não chegava a 2 mil reais, ele trabalhava de filmmaker, design gráfico e até foi barbeiro por um tempo.

Há três anos ele tenta ter sucesso no mercado de operações binárias, com muito esforço e estudo se dedicou nos últimos 5 meses apostando tudo o que tinha para obter sucesso nessa área.


Gabriel Moraes (Foto: Divulgação/Assessoria)


Gabriel destaca que esse mercado é deslumbrante mas precisa de muita dedicação e esforço “ nunca desistir, eu passei três anos da minha vida quebrando banca. O meu conselho para quem quer investir nesse mercado é consistência”.

Nos dias atuais, Gabriel possui uma independência financeira com apenas 22 anos. O jovem saiu da sua cidade natal e mora no Rio de Janeiro capital.

No Instagram (@gabrielmx35) possui quase cem mil seguidores e por lá compartilha algumas dicas e o seu seu dia a dia. Além disso, Gabriel também dá  mentorias individuais e por semana das salas com mais ou menos 5 alunos onde ajuda milhares de pessoas  a ter uma independência financeira.

(Foto destaque: Gabriel Moraes, o jovem de 22 anos que mudou de vida operando e conquistou a sua indecência financeira. Divulgação/Assessoria)

 

Deixe um comentário