Business

Como lidar com os custos crescentes na indústria

Aprenda sobre os principais fatores que aumentam os custos no setor e aprenda estratégias para reduzir o impacto com conselhos de alguns especialistas do mercado.

3 min de leitura
08 Nov 2022 - 18h20 | Atualizado em 08 Nov 2022 - 18h20

Segundo estudo realizado em julho de 2022 pela Confederação da Indústria Nacional (CNI), a falta de insumos ou o alto custo das matérias-primas já afetaram a indústria brasileira.

Para nos ajudar a navegar nessas situações e entender as perspectivas de curto, médio e longo prazo, a Sebrae convidou o Economista Chefe da Fiergs. André Nunes de Nunes, para falar um pouco a respeito do assunto.

“A gente teve várias fases. Toda essa questão ligada à matéria-prima e ao abastecimento das cadeias de suprimento tem como origem o início da pandemia, quando a gente começa a viver um ciclo econômico sincronizado. Ou seja, todo mundo entra em recessão e lockdown mais ou menos ao mesmo tempo, as atividades param ao mesmo tempo, todos os governos quase ao mesmo tempo começam a oferecer estímulos ao consumo de bens”, explica André.

No final de 2021, o mercado começou a se normalizar em alguns setores, mas ainda existem gargalos na cadeia produtiva, como a falta de certos tipos de metais etc.

Custos da indústria após a pandemia

Não só a pandemia, como a guerra entre a Ucrânia e a Rússia também levou ao aumento dos custos e à escassez de matérias-primas para a indústria.  “Até que tivemos o bloqueio do Canal de Suez, depois da invasão da Rússia na Ucrânia. Isso traz, de novo, tensão e aumento muito grande dos insumos e das matérias-primas”, complementa André.


Trabalhador exercendo sua função em indústria. Foto Reprodução/Filipe Faleiro


Estratégias para indústrias

Por enquanto, especialistas dizem que buscar diversificar fornecedores é uma boa estratégia. E ainda que a análise da linha de produção é uma boa estratégia para a indústria atual analisar a cadeia produtiva e buscar internacionalizar o processo produtivo, garantir o mercado interno e diminuir a dependência de importações.

Segundo Nunes – No geral, as mais prejudicadas são as linhas de bens mais elaborados, como máquinas e equipamentos, junto com a manufatura de veículos automotores. Que por ser uma cadeia complexa, precisa de mais metais e da borracha.

Olhando outros segmentos, ele cita o setor de alimentos, devido ao custo elevado dos grãos e do frete. Também os de couro e calçados.

Foto Destaque: Como lidar com o aumento dos custos para a indústria.  Reprodução: Icone Energia.

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo