Cinema/TV

Co-CEO da Netflix manda indireta para Disney

Com o processo de Scarlett Johansson contra a Disney pelo filme 'Viúva Negra' muitos entraram em defesa da atriz. E agora, foi a vez de Ted Sarandos, co-CEO da Netflix, dar a sua opinião sobre os acontecidos.

3 min de leitura
01 Out 2021 - 15h15 | Atualizado em 01 Out 2021 - 15h15

‘Viúva Negra’ chegou aos cinemas brasileiros em oito de julho desse ano e no dia nove, no Disney+, a plataforma de streaming da Disney com o chamado Premier Acess. Devido a essa estreia simultânea a atriz Scarlett Johansson entrou com um processo contra a produtora devido a quebra de contrato pois o lançamento simultâneo não estava listado e a atriz receberia parte dos lucros arrecadados com a venda de ingressos no cinema, o que seria menor devido a estreia também no Disney+. E Ted Sarandos, co-CEO da Netflix, mandou uma indireta para a Disney em uma conferência. “Eu vejo essas coisas como um espectador – eu teria dito isso ou aquilo. Eu tenho sorte de não estar nesse lugar. Talento precisa ser respeitado e compensado”, dispara.

A fala de Ted Sarandos foi uma indireta para o que Bob Chapek, co-CEO da Disney, tem comentado sobre o assunto. Mais especificamente com a seguinte fala “o mundo está mudando e os acordos de talentos daqui para frente vão ter que refletir o fato de que o mundo está mudando”.


Trailer do filme 'Viúva Negra' (Reprodução/Marvel Studios)


Companheiros de tela de Scarlett Johansson já haviam defendido a atriz com a decisão do processo pelo lançamento simultâneo do filme 'Viúva Negra'. Entre eles, Elizabeth Olsen, a interprete de Wanda no Universo Cinematográfico da Marvel afirmando: "Mas quando se trata de atores e seus ganhos, quero dizer, isso é apenas todos os contratos. Portanto, ou está no contrato ou não. Eu acho que ela é tão durona e, literalmente, quando li isso, fiquei tipo, 'Bom para você, Scarlett'".

 

Netflix libera jogos de ‘Stranger Things’ na Europa

Round 6: Criador nega plágio de filme japonês e diretor fala sobre possível segunda temporada

Enola Holmes 2 tem parte do elenco revelado pela Netflix


Benedict Cumberbatch, responsável por dar vida ao Doutor Estranho, foi outro colega de tela que entrou em defesa da atriz com a seguinte fala: "Só o uso de certas palavras e as acusações de 'colocar em um contexto de pandemia.’ Isso tudo é uma confusão. Estamos entendendo o que as fontes de renda devem ser para artistas que colaboram com o negócio bilionário que é a Disney, e tudo tem de estar no contrato”, reflete.

 

Foto Destaque: Ted Sarandos. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário