Esportes

Brasil vence Argentina no Sul-americano de vôlei masculino e conquista 33º título

Pelo Sul-americano de vôlei masculino, o renovado Brasil ganha por 3 sets a 1 da Argentina e conquista seu 33º título em 34 edições da competição. Maique foi eleito o melhor jogador da final e Bruninho o melhor da competição.

3 min de leitura
07 Set 2021 - 18h36 | Atulizado em 07 Set 2021 - 18h36

Na manhã do último domingo (5), o Brasil venceu a Argentina pelo placar de 3 sets a 1, com parciais de 25/17, 24/26, 25/18 e 25/18, e assim conquistando seu 33º título Sul-americano de vôlei masculino. A seleção brasileira segue sua dinastia continental vencendo todas as edições que participou. Agora são 33 títulos em 34 edições da competição. Valendo ressaltar que em 1964 os brasileiros não participaram.

O Brasil renovou seu elenco para esse Sul-americano e alguns jogadores que não estavam presentes nas Olimpíadas de Tóquio 2020, estiveram presentes na conquista do último domingo. Atletas como: Maique, Vaccari, Aboubacar, Cledenilson, Flávio, Adriano e João Rafael.


 O Brasil renovou a equipe principal masculina após o desempenho nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Reprodução/William Lucas / CBV O Brasil renovou a equipe principal masculina após o desempenho nas Olimpíadas de Tóquio. Foto: Reprodução/William Lucas / CBV


Em votação feira pelo site da Confederação Brasileira de Vôlei (CBV), o líbero Maique foi o melhor jogador da final e ficou com o Troféu VivaVôlei, em votação decidida pelo público. “Sou muito elétrico até no dia a dia e tento colocar essa minha alegria dentro de quadra para contagiar o time. A renovação é sempre importante e estou muito feliz com esse título. A sensação de estar na seleção e representar o nosso país é indescritível. Quero agradecer a toda comissão técnica, aos jogadores e aos torcedores por todo o apoio”, disse Maique em entrevista ao site da CBV.


Maique é eleito o melhor jogador da final. Foto: Reprodução/William Lucas/CBVMaique é eleito o melhor jogador da final. Foto: Reprodução/William Lucas/CBV


O levantador e capitão Bruninho foi eleito o melhor jogador da competição Sul-americana. O jogador falou sobre a conquista e o prêmio, mas já focado no ótimo início do ciclo olímpico para as Olimpíadas de Paris 2024.

“Sabemos da responsabilidade que é vestir a camisa da seleção brasileira e nos dedicamos muito para isso buscando vencer sempre que é possível. Foi uma conquista muito importante para dar moral aos mais jovens como o Vaccari e o Adriano que foram muito bem. Começamos um novo ciclo com o pé direito. O Brasil entra sempre para vencer e quando conquistamos esse objetivo é muito bom”, disse Bruninho.


Bruninho é eleito o melhor jogador da competição. Foto: Reprodução/William Lucas/CBVBruninho é eleito o melhor jogador da competição. Foto: Reprodução/William Lucas/CBV


https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/GP-da-Belgica-chuva-paralisa-a-prova-Max-Verstappen-ganha-sem-dar-uma-volta-e-encosta-em-Hamilton-na-lideranca

https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/De-onde-vem-o-dinheiro-do-Atletico-MG-mesmo-devendo-valor-astronomico

https://lorena.r7.com/colunista/Andre-Luiz/post/Entenda-como-o-Corinthians-arrecadou-milhoes-em-apenas-2-horas

Com a vitória da final, o Brasil chegou aos 12 pontos, em quatro jogos disputados e terminou o Sul-americano com 100% de aproveitamento, perdendo apenas um set, na partida contra a Argentina, durante todo o campeonato.  A competição  Sul-Americana contou com Brasil, Argentina, Chile, Colômbia e Peru. Os dois finalistas, brasileiros e argentinos já asseguraram suas vagas no Mundial de 2022, que será na Rússia.

 

 

(Foto destaque: Brasil vence Argentina no Sul-americano de vôlei masculino e conquista 33º título. Reprodução/William Lucas/CBV)

Deixe um comentário