Celebridades

Atriz Eva Wilma morre aos 87 devido câncer no ovário

Morre a atriz Eva Wilma no hospital Albert Einstein, aos 87 anos, decorrente ao câncer de ovário diagnosticado na semana passada. O quadro clínico a levou à uma insuficiência respiratória.

3 min de leitura
16 Mai 2021 - 01h25 | Atulizado em 16 Mai 2021 - 01h25

A morte da atriz foi anunciada na noite deste sábado. Ela estava internada no Hospital Albert Einstein, na Zona Sul de São Paulo, tratando um câncer no ovário e partiu devido à insuficiência respiratória. A informação foi confirmada pela assessoria de imprensa e família.

 

“Comunicamos que a atriz Eva Wilma, acaba de falecer às 22h08, no Hospital Israelita Einstein, em São Paulo, em função de um câncer de ovário disseminado, levando a insuficiência respiratória. Nossos profundos e sinceros sentimentos a todos os familiares, especialmente a John Herbert Buckup Jr e Vivien Buckup.”

Há pouco, o hospital também emitiu uma nota de falecimento, assinada pelo cardiologista, clínico geral e oncologista de Eva Wilma.


https://lorena.r7.com/post/Segundo-boletim-medico-quadro-clinico-de-Bruno-Covas-e-irreversivel

 

https://lorena.r7.com/post/Gil-do-Vigor-revela-que-ira-escrever-livro-sobre-sua-vida

 

https://lorena.r7.com/post/Lore-Improta-brinca-de-Eu-Nunca-com-Leo-Santana-e-tem-revelacoes-quentes


Eva foi internada no dia 15 de abril na UTI para tratar de problemas cardiacos e renais, mas logo o hospital comunicou que a atriz havia apresentado melhora. No dia 8 de maio, veio o diagnóstico de câncer e iniciou o tratamento oncológico. Na noite de hoje, ela não resistiu e veio a falecer. A atriz deixa dois filhos e três netos, com 66 anos de carreira, mas afastada da televisão desde 2018, com sua última novela sendo “O tempo não para”, da Rede Globo. 


Eva Wilma morre aos 87 anos (Reprodução / Rede Globo)


Famosos já começam a prestar homenagens à atriz nas redes sociais, como Marisa Orth, Natallia Rodrigues, Tuca Andrada, Marcelo Medici, Mel Lisboa e Isabela Garcia e jornais já fazem cobertura completa e contam sobre a carreira prestigiada de Eva, que fez parte de obras reconhecidas como “Fina Estampa”, “Mulheres de Areia”, “Sassaricando” e “A indomada”.

 

Até o fechamento desta matéria, não foi obtidas informações sobre o velório. O hospital pede para que fãs não façam aglomerações na porta do hospital devido à pandemia do COVID-19.

 

Foto destaque: Reprodução (Instagram / Eva Wilma)

Deixe um comentário