Money

As apostas do Presidente do Google Brasil no pós-pandemia

O presidente do Google Brasil expõem as apostas da multinacional no mundo pós- pandemia para as plataformas digitais, por meio do comércio, canais de atendimento e openbanking.

3 min de leitura
09 Set 2021 - 14h13 | Atulizado em 09 Set 2021 - 14h13

Não é novidade que o comércio varejista físico com a pandemia de covid-19 sofreu uma queda significativa nas suas vendas, com isso estes estabelecimentos foram obrigados a se adaptarem em plataformas digitais. Segundo pesquisas da FGV e do Sebrae, em março deste ano sete em dez  pequenas e médias empresas ingressaram no comércio digital por meio de redes sociais e plataformas de comércio eletrônico.

                              


Fabio Coelho presidente do Google Brasil (Foto: Reprodução/Instagram)    


 O Google durante o período isolamento social que sofremos apresentou pontos positivos no processo de inserção de  empresas no mundo digital. No decorrer de 2020 foram mais de 207 mil pequenas e médias empresas que utilizaram a plataforma do Google para vender e atrair seus consumidores.

 Fábio Coelho, presidente do Google Brasil, em entrevista a revista Forbes revelou os planos que a multinacional possui para o pós pandemia.  Foram enumerados três pontos importantes, o primeiro é a omnicanalidade (fusão dos canais de vendas físicas e digitais) "Todos os pontos de contato com o consumidor têm seu objetivo, e o redesenho dos papéis desses canais passa a levar em conta o espírito de promover uma experiência diferente", segundo o executivo.  Resumindo o seu ponto de vista, no mundo virtual as barreiras de pagamento e disponibilidade dos produtos aos poucos passarão despercebidas pelos consumidores, já nas compras presenciais as empresas focarão em um excelente atendimento juntamente com ambientes aconchegantes.

Mc Donalds passa a aceitar o Bitcon como pagamento

Conta de luz e preço da gasolina afetam os varejistas

Grupo farmacêutico Raia Drogasil aposta nas vendas online

 O segundo ponto que irão focar será a inclusão financeira "Com o PIX e a estruturação do open banking, o mundo das finanças vai sofrer uma grande transformação" , diz Fábio. O presidente acredita que futuramente irá surgir novas opções de pagamento para um número maior de pessoas . Vale ressaltar que recementemente o banco Caixa Federal, por meio do auxilio emergencial disponibilizou um saque digital atráves do aplicativo 'Caixa Tem'esta iniciativa do banco ajudou a aumentar a inclusão financeira no Brasil.

 O terceiro e o último ponto é o fortalecimento do E-commerce, tendo em vista o crescimento do setor durante a pandemia, segundo o relatório Webshopper da Ebit o ano de 2020 teve faturamento de 31% superior ao de 2019. O executivo acredita que os comerciantes já concluiram que precisam estar conectados as plataformas digitais para obterem faturamento positivo, seja para fazer publicidade, entrega ou vendas.

 


Foto destaque: As apostas do Presidente do Google Brasil no pós-pandemia. (Reprodução/Twitter)

Deixe um comentário