Notícias

Amazônia pode perder até 70% de sua vegetação nativa e virar área deserta

Altas taxas de desmatamento e queimadas, registradas nos últimos anos, darão fim catastrófico à floresta amazônica, apontam cientistas na Conferência do Clima (COP-26)

3 min de leitura
14 Nov 2021 - 10h53 | Atualizado em 14 Nov 2021 - 10h53

O Painel Científico da Amazônia informou que a floresta Amazônica perderá cerca de 70% de sua vegetação nativa, o que a torna praticamente uma área deserta, caso as altas taxas de desmatamento, queimadas e degradação do solo continuem sendo registradas. 

As áreas consideradas mais sensíveis, que podem chegar em um ponto sem retorno, estão localizadas ao sul da Amazônia e  da Bolívia, passando pelos estados brasileiros de Mato Grosso, Pará e Rondônia. De acordo com os cientistas que participaram da Conferência do Clima (COP-26), a Amazônia está em “alerta vermelho” e para evitar uma maior catástrofe é necessário que haja ações concretas e de longo prazo.

 "O atual modelo de desenvolvimento está alimentando o desmatamento e a perda de biodiversidade, levando à devastação e mudanças irreversíveis", disse o climatologista Carlos Nobre, do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo, durante a COP-26.


Cientistas afirmam que Amazônia está em "alerta vermelho". (Foto: Reprodução/Folha de São Paulo)


Atualmente, a regeneração da Amazônia vem enfraquecendo à medida que as mudanças climáticas provocam o aumento dos incêndios e a perda da capacidade de reciclar água pela floresta, aponta o cientista brasileiro Carlos Nobre.

A floresta armazena, abaixo e acima do solo, entre 150 e 200 bilhões de toneladas de carbono. Se o ponto de inflexão for ultrapassado, e isso pode ocorrer entre 20 ou 30 anos, é provável que entre 60% e 70% da floresta se torne um ecossistema degradado”, alertou Nobre.

https://lorena.r7.com/post/Alemanha-enfrenta-4a-onda-de-covid-19-e-registra-45-mil-novos-casos-diarios

https://lorena.r7.com/post/Prepare-o-bolso-conta-de-luz-pode-subir-2104-no-ano-que-vem

https://lorena.r7.com/post/Brasil-ja-distribuiu-mais-de-350-milhoes-de-doses-da-vacina-contra-a-COVID-19-em-todo-o-pais

A devastação da Amazônia, aliada às intensificações de eventos climáticos, coloca em xeque esse ecossistema, que é composto por 47 milhões - sendo 2,2 milhões indígenas- e abriga 10% da flora e da fauna mundial.

Para que a Amazônia sobreviva, precisamos mostrar como ela pode ser transformada de forma a gerar benefícios econômicos e ambientais como resultado de uma colaboração entre cientistas, povos indígenas, comunidades locais, setor privado e governos", expressou um dos coordenadores do Painel Científico da Amazônia.

 

Foto destaque: Desmatamento na Amazônia. Reprodução/ClimaInfo

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo