Celebridades

Advogados de Nego do Borel negam que cantor foi indiciado por violência doméstica

Após a modelo Duda Reis afirmar que o Nego do Borel foi indiciado por agressão física, a assessoria do cantor envia nota rebatendo e negando a informação.

3 min de leitura
18 Set 2021 - 11h48 | Atulizado em 18 Set 2021 - 11h48

Na última sexta-feira (17), a modelo Duda Reis publicou um video afirmando que seu ex-namorado Leno Maycon Viana Gomes, conhecido como Nego do Borel, foi indiciado por violência doméstica. “Hoje Leno Maycon (Nego do Borel), foi indiciado por ter praticado violência doméstica contra mim. Vale lembrar que é a terceira denúncia, de uma terceira mulher diferente, sobre agressão física e psicológica vindas do mesmo homem. Até quando um agressor terá espaço na sociedade e até quando a palavra da vítima será colocada em pauta?”, afirmou Duda.

Em nota ao Jornal O DIA, os advogados do cantor negaram a informação. "A equipe jurídica do cantor Nego do Borel vem esclarecer, diante dos recentes fatos que estão sendo postados sobre o indiciamento do cantor, que ele foi indiciado por lesão corporal devido a perturbações psíquicas, segundo a autoridade policial, e não por agressão física, como à primeira vista parece”, iniciou o comunicado.

“O cantor foi acusado de diversos crimes por sua ex-companheira e após as investigações preliminares, a delegada não encontrou provas que justificassem o indiciamento do Leno por nenhum outro crime (devemos lembrar que Maria Eduarda acusou o Leno de estupro, de ameaças, de agressões físicas, de ter um fuzil em casa, de guardar alta quantia em dinheiro, de ter lhe passado HPV, dentre outras coisas, e tudo isso careceu de qualquer indício probatório)”, completou.

 

Thyane Dantas, esposa de Safadão, é investigada por "fraudar" idade em vacinação contra a Covid-19

Mãe de Neymar é processada por compra de mansão no valor de R$13 milhões

Ex-secretária de imprensa da Casa Branca promete expor fatos sobre Melania Trump, esposa do ex-presidente americano Donald Trump

“Com relação ao indiciamento pela lesão corporal cumpre dizer que o fato é extremamente subjetivo, já que considerou perturbações psicológicas, e é só questão de tempo para o Leno também provar sua inocência, pois carece de comprovação fática a qual não se sustentará no processo penal, onde estarão presentes os princípios da ampla defesa e do contraditório”, encerrou a nota.

(Foto Destaque: Advogados de Nego do Borel negam que cantor foi indiciado por violência doméstica. Reprodução/Instagram)

Deixe um comentário