Moda

A volta do estilo Emo

05 / 08 / 2021 as 13:08
Moda

A volta do estilo Emo

O estilo Emo está de volta, e agora presente em meio ao jovens da nova geração, se fundindo com a tecnologia, encontramos o visual em vídeos de redes como o Tik Tok.

3 min de leitura
05 Ago 2021 - 13h45 | Atulizado em 05 Ago 2021 - 13h45

Emotional Hardcore é o estilo dos anos 80, baseado no hard core, com uma pegada melancólica que acertou com tudo os jovens adolescentes do ano 2000. Ganhou tanta força que se tornou um movimento cultural, jovens de todas as idades se sentiram tocados pelas melodias com que se identificaram. O estilo diferenciado com pegada de grunge, chama a atenção de todos que não se identificam.

Naturalmente, com o avanço da tecnologia esse estilo foi esquecido, mas não para sempre. 20 anos depois, o estilo volta a tona, jovens que nunca tinham escutado Avril Lavigne ou My Chemical Romance ficam vidrados com as músicas e roupas despojadas, e assim se reinicia o ciclo que os millennials começaram, claro que com um novo toque. Tudo isso graças as trends e homenagens feitas pelos apoiadores da cultura e da banda Fresno, entre eles estão famosos como Anitta e a Pablo Vittar.

Anitta e Lucas da banda Fresno (Divulgação: Instagram)



Pabllo Vittar e Lucas da Fresno (Divulgação: Instagram)


 

Coturno: A bota que vai deixar o seu inverno mais estiloso

Alerta tendência: Franjas dos anos 70 estão de volta

Exclusivo: Novo relacionamento entre a moda e a arte por Marcel Lemarc


 

Kit, tiktoker e criadora das joias que usa (Divulgação: Instagram/gutter.bratz)


Além de ter voltado, veio trazendo um novo toque especial de atualização e aprimoramento no visual. Os Emos tem-se destacado em redes sociais como o Tik Tok, fazendo vídeos e tendo visibilidade entre a ''geração Z''. E não para por aí, ainda vemos algumas outras variações de tiktokers, como punk, grunge, indie e cosplays. 


Lukas Greey, tiktoker e grunge (Reprodução: Instagram/lukasgreey)


O estilo foi desencadeado em meio a pandemia, talvez pela melancolia que muitos de nós encontramos com o isolamento social que teve seu início em 2020. Mas essa nostalgia, causou muito conforto para quem curtia o emo raiz, e para quem redescobriu o estilo após 20 anos. 

 

 

Foto destaque (Divulgação: Pixabay)

Deixe um comentário