Beleza

A influência poderosa da Nanotecnologia no skincare

Para entender o que a nanotecnologia é capaz de fazer no skincare, vale pensar no funcionamento das medicações encapsuladas Desde o início da pandemia do coronavírus a empresa de cosméticos tem sido cada vez mais procurada. Todo mundo quer cuidar

3 min de leitura
11 Ago 2021 - 13h39 | Atulizado em 11 Ago 2021 - 13h39

Para entender o que a nanotecnologia é capaz de fazer no skincare, vale pensar no funcionamento das medicações encapsuladas.

Desde o início da pandemia do coronavírus a empresa de cosméticos tem sido cada vez mais procurada. Todo mundo quer cuidar da pele, que é a nossa principal linha de defesa contra as ameaças. Mas nem sempre a pele absorve todo esse cuidado com alta eficiência. E nesse momento que entra a nanotecnologia, vou te explicar como funciona e como ela é eficiente no skincare. São pequenas partículas que contém princípios ativos capazes de penetrar nas camadas mais profundas da pele. 

 

Textura jelly é a nova mania em skincare

 

Alguns motivos para você preferir os desodorantes naturais

 

Conheça os diferentes tipos de pincéis de maquiagem e suas funções



(Foto;A influência poderosa da Nanotecnologia no skincare.Reprodução/Pixabay)


 

Segundo a Dra.Carine Dal Pizzol, atualmente é Coordenadora de Pesquisa & Inovação na Theraskin Farmacêutica. Tem experiência em desenvolvimento e escalonamento de novas tecnologias para skin care, hair care e Sistemas de Entregas de fármacos e ativos cosméticos. Começa explicando que: “Na área cosmética, aplicamos a nanotecnologia para melhorar características dos ativos cosméticos, melhorando essas características, vamos ter um melhor benefício dele na nossa pele. Esses benefícios vão depender da estrutura do vetor escolhido bem como das características do ativo a ser nano vetorizado".



(Foto;A influência poderosa da Nanotecnologia no skincare.Reprodução/Pixabay)


Mas quais são os benefícios? Produtos com nanotecnologia têm, aliás, uma ação mais eficaz em rugas e preenchimentos, exatamente por conta de sua penetração mais profunda, sem riscos de atingir a corrente sanguínea.

Artigos da universidade do Paraná complementam que “as nanopartículas são vantajosas para aplicações cosméticas por atuarem como agentes oclusivos e também pelo potencial bloqueador das radiações ultravioleta, atuando como filtros físicos, podendo estar combinados a filtros químicos com o propósito de melhorar a foto-proteção”.

Essa tecnologia já está sendo utilizada em certos produtos, como por exemplo, em xampus, itens de maquiagem, protetores solares e outros produtos de skincare.

 

(Foto destaque:A influência poderosa da Nanotecnologia no skincare.Reprodução/Pixabay)

 

Deixe um comentário