Money

A fortuna de Elon Musk aumentou US$ 29 bilhões em um dia

Empresa de aluguel de veículos faz compra ousada de cem mil veículos elétricos da empresa Tesla para compor sua frota, afim de reverter a fase ruim que o mercado de aluguel de carros está enfrentando.

3 min de leitura
26 Out 2021 - 15h31 | Atulizado em 26 Out 2021 - 15h31

Nesta segunda feira (25), a fortuna do CEO da Tesla deu um salto histórico de US$ 1 trilhão depois que a empresa Hertz anunciou a compra de mais de noventa mil automóveis da marca. A encomenda feita pela empresa foi para reverter as dificuldades que o mercado de aluguel de veículos vem passando.


Fachada da empresa Tesla. Reprodução/ Instagram


A compra ficou conhecida no mercado como a "maior compra de veículos elétricos de todos os tempos" e possibilitou para Tesla o aumento de aproximadamente 13%, superando as marcas históricas da montadora e elevando o valor de mercado para US$ 1 trilhão. Os veículos devem ser entregue antes do final do ano de 2022.

A estratégia da Hertz é a eletrificação da frota de carros de aluguel. Em um comunicado, a empresa anunciou que a partir de novembro seus clientes já terão disponível o Tesla Model 3s, os veículos elétricos devem compor 20% da frota global da empresa.

Ler mais: Ranking aponta as marcas mais valiosas do mundo

Ler mais: Hospedagens de luxo no Brasil tem diárias de até 10 mil reais

Ler mais: FTX Trading, startup de criptomoedas é avaliada em 25 bilhões de dólares após captação

“Enquanto a Hertz está nos estágios iniciais de eletrificação da frota de carros de aluguel, a Tesla receber uma encomenda dessa magnitude destaca a adoção mais ampla de veículos elétricos que está ocorrendo como parte desta onda verde que está atingindo os EUA”, disse Ives, da Wedbush.

A Tesla atualmente conseguiu ultrapassar em valor de mercado o gigante grupo Facebook, que nesta segunda-feira valia US$ 998 bilhões. Nos Estados Unidos, as únicas empresas que valem mais de bilhões são a Amazon, Apple, Microsoft e Alphabet.

Com a venda dos cem mil vículos, apesar de só ter 20% em ações, Elon Musk, CEO da Tesla, conseguiu se consolidar o homem mais rico do mundo, ultrapassando o fundador da Amazon, Jeff Bezos, seu rival e segundo colocado em aproximadamente US$ 100 bilhões. O empresário não recebe salário, seu pagamento é feito atráves de ações que são pagas quando a montadora atinge marcos financeiros.

 

Foto em destaque: Elon Musk CEO da empresa Tesla. Reprodução/ Twitter

 

Deixe um comentário