Notícias

Torre Eiffel entra em paralisação de suas atividades devido à greve

Funcionários da empresa que administra a Torre Eiffel anunciam greve no centenário da morte do criador Gustave Eiffel. O fim da greve não possui previsão

27 Dez 2023 - 19h22 | Atualizado em 27 Dez 2023 - 19h22
Torre Eiffel entra em paralisação de suas atividades devido à greve Lorena Bueri

Nesta quarta-feira (27), a Torre Eiffel, principal atração turística de Paris, foi fechada no 100º aniversário da morte do seu criador Gustave Eiffel. A suspenção das atividades do ponto turístico ocorreu devido à greve dos funcionários da empresa que supervisiona a torre. As informações partiram de um comunicado do sindicato CGT.


Torre Eiffel (Foto: reprodução/ Eiffel Tower Tour)


Motivações da greve e preocupações econômicas

A empresa responsável pelas atividades da Torre Eiffel, SETE Tour Eiffel Tour, expressa sua preocupação com paralisação das atividades por meio do seguinte comunicado: “Caminhando para o desastre. Um modelo (econômico) muito ambicioso e insustentável". Desde da pandemia, COVID-19, o número de visitantes é uma preocupação para a empresa, os intervalos das movimentações turísticas afetam os lucros.

Em contrapartida, os funcionários afirmam as condições precárias de trabalho, com baixos salários em meio a um trabalho árduo. O ponto turístico recebe em média cinco milhões de pessoas de todo o mundo, a Torre Eiffel permanece aberta 365 dias do ano, exceto em greves dos trabalhadores. O sindicato CGT diz: “Uma ação simbólica em uma data simbólica" e acrescenta que se não houver melhorias da atual gestão a greve progredirá para 2024.

A história da torre Eiffel e o seu criador

Alexandre Gustave Eiffel, nascido em Dijon na França no ano de 1832, foi um engenheiro francês responsável por grandes obras populares como a Ponte de Bordeaux na França, Estátua da Liberdade nos Estados Unidos, Estação Ferroviária de Budapeste na Hungria, a Ponte D. Maria Pia em Portugal. O engenheiro foi autor de muitos trabalhos espalhadas pelo mundo, mas o projeto da sua vida foi a Torre Eiffel.

Inicialmente, a torre tinha a previsão de ser destruída 20 anos após sua construção, recebendo críticas rígidas do público. Mesmo com a rejeição inicial, logo, tornou-se um grande símbolo parisiense por sua originalidade e extravagância. Gustave Eiffel morreu no dia 27 de dezembro de 1923, deixando um grande legado na arquitetura e na engenharia.

Foto em destaque: Torre Eiffel (Foto: reprodução/ History Channel)

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo