Esportes

Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, repudia comentaristas da Globo após comentários negativos

O Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, rebateu as críticas feitas pelos comentaristas da Globo, Roger Flores e Walter Casagrande. O comentário de ambos, incomodou bastante a torcida rubro-negra.

3 min de leitura
24 Ago 202 - 15h28 | Atulizado em 24 Ago 202 - 15h28

Recentemente, os comentaristas Roger Flores e Walter Casagrande, fizeram comentários polêmicos em relação ao time do Flamengo. Com os rumores da possível vinda do zagueiro David Luiz ao Flamengo, o ex jogador de futebol e agora comentarista na Globo, Casagrande, fez um comentário que incomodou bastante os torcedores rubro-negros. Em um programa no Sportv, Walter Casagrande sugeriu ao David luiz a não vir para o Flamengo, por questões políticas que o Brasil vem vivendo, causando uma revolta por parte dos flamenguistas, que estão fazendo campanha nas redes sociais pela vinda do zagueiro ex-Arsenal.

https://lorena.r7.com/post/Jovem-surpreende-namorada-e-faz-pedido-de-casamento-durante-jogo-do-Flamengo

https://lorena.r7.com/post/Com-desfalques-importantes-Flamengo-empata-fora-de-casa

https://lorena.r7.com/post/Gabi-supera-artilharia-da-liberta-de-2019-e-trio-ofensivo-chega-a-202-gols-pelo-Flamengo 

Ontem (22), após a apresentação de Andreas Pereira, novo reforço do Flamengo, Marcos Braz comentou sobre o primeiro ocorrido. "Respeito, mas procuro achar um ponto sensível em uma insensibilidade minha de não compreender. Como carioca, brasileiro e dirigente, posso falar que, nesta questão, ele fez um desserviço ao futebol brasileiro. Sempre ruim pontuar dessa maneira porque ele vai ter uma das maiores TV’s do país para continuar falando e nós não temos temos para responder uma situação como essa”, disse o Vice-presidente de futebol do clube.


Marcos Braz na coletiva de ontem (22). (Foto: Alexandre Vidal)


Um outro episódio polêmico ocorreu no último domingo (22), em uma transmissão da partida do Ceará x Flamengo, o comentarista Roger Flores alegou que o jogador Pedro estava sendo 'boicotado' pelos dirigentes do clube, seria uma forma de castigo pelo fato do jogador ter ficado insastifeito de não ter ido para as olimpíadas de Tóquio. O ex-jogador disse que isso era uma informação de pessoas de dentro do clube, que lhe passaram um 'feeling'. Marcos Braz também comentou sobre o ocorrido. 

"Eu não entendi o Roger. Não entendi o ‘feeling’ dele. Ele não é meu amigo pessoal, não é meu amigo particular, mas ele me conhece bem. Trabalhamos juntos já. Só que eu jamais iria me colocar, me propor a estar em uma situação que ele induziu e quis dar essa narrativa. Eu quero deixar claro que a gente não trata isso dessa maneira. A gente não precisa de intermediário. A gente chega e conversa com o jogador. A questão é: o Roger sugerir que teve um pedido da diretoria para o Renato não escalar o Pedro. Eu tive a felicidade de trabalhar com vários técnicos e eu jamais usei essa sugestão dele com qualquer um", finalizou Braz.

 

(Foto destaque: Vice-presidente de futebol do Flamengo, Marcos Braz, repúdia comentaristas da Globo após comentários negativos. Imagem: Marcelo Cortes.

 

Deixe um comentário