Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo:

Publicado 18 de May de 2021 às 16:00

A atriz Vera Fischer, de 69 anos, que foi Miss Brasil em 1969, celebrou a vitória da campeã do Miss Universo 2020. Julia Gama, candidata do Brasil, ficou em segundo lugar no tradicional concurso de beleza. Através de uma publicação em seu Instagram, Vera ainda comemorou que o concurso foi apresentado por uma Drag Queen.


Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo:

Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo: "Foi a melhor". (Foto: Reprodução/Instagram)


"Amores. Fui Miss Brasil (1969) – século passado (risos). Adoro ver o Concurso Miss Universo, sou apaixonada, sou missóloga! Achei divina a presença de Ikaro Kadoshi! A primeira Drag Queen da história a apresentar o Miss Universo na televisão brasileira. Palmas para ela!", escreveu.

A atriz comentou sobre o que achou da competição e revelou ter torcido pela campeã desde o início. "Que maravilha que o concurso 2020 não se limita à beleza das candidatas. É uma questão de posicionamento, de ocupar o espaço enquanto mulher, de como lidar com filantropia, empresariado e liderança. Apenas estranhei que todas as misses usavam cabelos lisos, nenhum cabelo crespo. Por quê? Bom, mas vou falar uma verdade: desde o início torci pela Andrea Meza, Miss México, embora todas fossem lindas e inteligentes. A resposta dela foi a melhor, na minha opinião. Perguntada sobre o que faria para atenuar a pandemia, foi concisa: lockdown geral, até todos serem vacinados. Viva Miss México! Viva nós, mulheres diversas do mundo!", concluiu. 


Recém empossada, Miss Universo corre o risco de perder coroa

Montagem de Paulo Gustavo em foto de Thales Bretas e filhos emociona a web

Caio Castro fala sobre fama de ‘bad boy’ e como lidou com a fama ao se tornar ator


 

Na última quinta-feira (13), data que marca os 132 anos da Abolição da Escravatura, quando a princesa Isabel assinou a Lei Áurea, Vera Fischer, compartilhou uma foto antiga, falou sobre a data, o título conquistado e sobre o racismo, ainda tão presente na sociedade mesmo após tantos anos do fim da escravatura. 

"Essa foto foi tirada em 1971 nos bastidores da TV Tupi, onde eu fazia parte do júri do programa Flávio Cavalcanti. Dois anos antes eu havia ganhado o título de Miss Brasil que foi uma ponte para minha realização profissional e a construção da minha carreira como atriz", começou ela, que falou da ausência de representatividade de negros no Miss Brasil 1969.”, escreveu ela na legenda da foto.


Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo:

Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo: "Foi a melhor" (Foto: Reprodução/Instagram)


"Amo muito o meu título e sou muito grata por todo reconhecimento e carinho advindo dele, mas naquele concurso não havia nenhuma mulher preta brasileira. Hoje, 52 anos depois, dia em que se comemora a pseudo abolição da escravatura no nosso país, ainda faltam mulheres pretas nos concursos de beleza, no jornalismo, na política e nos elencos da TV. Não tá passando da hora, não, gente? Pega a visão!", postou Vera.

 

(Foto destaque: Vera Fischer celebra a vitória da campeã do Miss Universo: "Foi a melhor". Reprodução/Instagram)

 

Deixe um comentário