Notícias

Tufão Rai deixa 375 mortos e mais de 500 feridos nas Filipinas

O tufão Rai deixou grande número de mortos e destruição nas Filipinas. Estragos ainda estão sendo contabilizados e o número de vítimas ainda pode aumentar

3 min de leitura
20 Dez 2021 - 18h10 | Atualizado em 20 Dez 2021 - 18h10

O tufão Rai, até o momento, deixou cerca de 375 mortos nas Filipinas, além de 500 feridos e 56 pessoas desaparecidas. O desastre ocorreu na última quinta (16), causando destruição principalmente na região de Visayas, local de grande movimento turístico, no centro das Filipinas. As vítimas, feridos e estragos ainda estão sendo contabilizados e o número de pessoas que morreram por consequência do desastre, ainda pode aumentar.

Segundo a Agência Meteorológica Estatal, os ventos de Rai chegaram a atingir cerca de 195 km/h ao chegar ao chão. A governadora de Dinagat, Arlene Bag-ao, chegou a dizer que esse tufão é “uma lembrança igual ou pior" do Haiyan, tufão mais mortal já registrado no país, que deixou cerca de 7,3 mil mortos. O vendedor ambulante da ilha de Surigao, Ferry Asuncion, revelou que a “situação é desesperadora.”

https://lorena.r7.com/post/Em-cinco-horas-corpo-de-bombeiros-recebem-quase-100-chamadas-devido-a-chuva-forte-em-Guarulhos

https://lorena.r7.com/post/Quadrilhas-usam-aplicativos-de-namoro-para-sequestrar-vitimas

https://lorena.r7.com/post/Encontro-entre-Lula-e-Alckmin-aumenta-a-perspectiva-de-possivel-parceria-em-2022


 A Cruz Vermelha filipina destacou que o ocorrido é um “desastre total”, visto que escolas, hospitais, casas, árvores e tudo que estava no caminho do tufão foi destruído. Além disso, mais de 300 mil pessoas tiveram que abandonar seus lares e muitas áreas da região continuam sem comunicação e energia elétrica, pela queda dos postes.


Pessoas am busca de abrigo em meio ao desastre causado pelo Tufão Rai (Foto: Reprodução/ Handout/ AFP/ Jornal de Brasília)

Milhares de policiais, bombeiros e demais agentes estão ajudando nas buscas e nos resgates. Grandes máquinas, como retroescavadeiras e tratores estão sendo usados para liberar passagens que estão bloqueadas pela queda de postes, árvores e destroços de casas.

Até o momento, o tufão já perdeu a intensidade, porém, com aproximadamente 150 km/h ele continua avançando e destruindo tudo por onde passa. No sábado, o tufão avançou pelo Mar da China Meridional e ontem, pelo Vietnã, ao norte do litoral.

Filipinas é um dos países mais vulneráveis às mudanças climáticas e registra quase 20 tufões e tempestades por ano, alguns como Rai, com efeitos devastadores.

Foto Destaque: Casas destruídas após a passagem do Tufão  (Guarda costeira das Filipinas/Reuters)

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo