Celebridades

Sônia Lima revela histórias de sua vida pessoa e profissional durante participação em podcast

A apresentadora contou também sua vivência com Wagner Montes e Silvio Santos, quem, segundo ela, fez com que fosse capa da revista PlayBoy

3 min de leitura
01 Out 2021 - 04h30 | Atulizado em 01 Out 2021 - 04h30

A apresentadora Sônia Lima, de 62 anos, participou de uma conversa ao podcast Inteligência Ltda., apresentado por Rodrigo Vilela, recentemente. Durante o bate-papo, ela abordou alguns assuntos de sua vida e da trajetória de sua carreira, desde a época em que era miss, passando pela sua chegada à televisão e vivência nela, um pouco de sua relação com seu marido Wagner Montes, que morreu em 2019 e, principalmente, sobre seus ensaios na 'PlayBoy'

 No início da entrevista, Sônia contou uma pequena história sobre o começo de sua vida profissional na extinta TV Tupi, alegando que, apesar de suas exibições, não recebeu dinheiro pela sua participação na rede. “Quando eu comecei a trabalhar na Tupi, ela já estava naquele processo de fechar as portas, tanto que eu nunca recebi nada pelo que eu fiz. Foi meu primeiro calote. Quem chegou a receber alguma coisa foram os funcionários. Quem era cachê, como no meu caso, dançou. Aprendi a dançar muito cedo”, disse ela, brincando no final.

 Posteriormente, ela comentou sobre como foi sua ida aos programas comandados por Silvio Santos. A apresentadora diz que, após algumas apresentações na TVS, antiga SBT, foi convidada pelo “Homem do Baú” duas vezes até aceitar o compromisso de telemoça. “Eu fazia os programas de humor pra TVS. Ele mandou me chamar pra saber se eu queria trabalhar com ele como telemoça. Na primeira vez, eu recusei. Depois eu aceitei”, explicou.

 Depois, eles começaram a abordar a relação de Sônia com Wagner Montes. Uma das histórias mencionadas pela atriz foi o fato de seu marido gostar de andar armado, enfatizando o fato dele ser ameaçado diversas vezes. “Ele sempre amou armas, sempre foi muito ameaçado. Ele sempre foi um repórter policial. Sempre teve segurança. Não tem muito tempo, meu carro foi metralhado no Rio”, contou, afirmando que o casal, na época, sabia de quem mandava os ataques contra eles.

 


Sônia Lima posou na PlayBoy duas vezes, tendo suas revistas esgotadas rapidamente. (Foto: Reprodução/Instagram)


 Então, ainda no bate-papo, Sônia abordou o assunto de suas aparições na revista “PlayBoy”, afirmando que o estoque da primeira exibição acabou em três dias de venda e foi financiado por Silvio Santos. “A revista foi vendida em 3 dias. Essa primeira, quem negociou foi o Silvio. Eu recebia muito convite pra fotografar e não aceitava. E o Silvio era meio contra [dela se apresentar em revistas], sempre me aconselhou muito, é um pai pra mim”, falou, exaltando o “Patrão”, como ela o chama.

Quando teve uma situação na minha família em que eu realmente precisava de dinheiro, falei que pra ele [Silvio Santos] que eu tinha que aceitar. E ele disse: ‘Então, deixa que eu negocio’. Então, ele vendeu um espaço dentro do programa para fotografar”, detalhou ela. Sônia Lima também contou sobre sua segunda revista PlayBoy. Dessa vez, foi patrocinada por Wagner Montes. “Essa segunda, quem negociou foi o Wagner, e eu já estava casada com ele. Comprei a casa dos meus pais, comprei meu carro zero... era muita grana”.

https://lorena.r7.com/post/Apos-cirurgia-para-retirada-de-tumor-Pele-recebe-alta-de-hospital

https://lorena.r7.com/post/Fatima-Bernardes-realizara-cirurgia-e-sera-afastada-do-Encontro

https://lorena.r7.com/post/Kim-Kardashian-e-chamada-de-narcisista-apos-publicacao-sobre-dia-internacional-das-filhas

 Jurada no “Show de Calouros” por quase 17 anos, Sônia Lima foi casada com Wagner Montes por 32 anos, até a morte do apresentador no ano de 2019. O único filho do casal é Diego Montez, que também seguiu a carreira de ator.



Foto Destaque: Sônia Lima. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário