Celebridades

Shantal Verdelho diz que médico sugeriu uso de abortivo para induzir parto

A influenciadora acusa o médico Roberto Kalil de violência obstétrica durante o parto de sua filha no dia 13 de setembro, no Hospital São Luiz, em São Paulo

3 min de leitura
23 Dez 2021 - 10h33 | Atualizado em 23 Dez 2021 - 10h33

Shantal Verdelho prestou um depoimento à polícia e deu detalhes sobre o que teria acontecido no parto de sua filha Domência, no dia 13 de setembro, em que ela acusa o médico Renato Kalil de violência obstétrica. As informações foram dadas pela colunista Mônica Bergamo, da Folha, que teve acesso aos dados do depoimento. 


Shantal Verdelho (Foto: Reprodução/Instagram)


Nele, Shantal disse que Renato insistiu para que ela fizesse uso do Misoprostol, remédio abortivo que acelera o trabalho de parto mesmo estando com 40 semanas de gestação. Quando decidiu pesquisar sobre a medicação e consultar outra obstetra, além de sua fisioterapeuta pélvica, que disseram que ela poderia correr risco de morte, Shantal decidiu não fazer uso da medicação. As duas serão ouvidas pela polícia.  

Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária, o Misoprostol tem uso hospitalar exclusivo e tem como algumas contraindicações gestação molar, cicatrizes uterinas e cesárea prévia, como é o caso de Shantal, que também é mãe de Filipo, de 2 anos, fruto de seu casamento com Matheus Verdelho. 

Ícaro Silva responde Tiago Leifert em texto no Instagram (r7.com)

Marcos Mion anda 110 km até Aparecida para pagar promessa após ser contratado pela Globo (r7.com)

Carol Castro e Bruno Cabrerizo terminam o relacionamento (r7.com)


A influenciadora disse também que o médico praticou em seu parto a chamada manobra de Kristeller, na qual o médico pressiona a barriga da gestante para empurrar o bebê. A manobra é contraindicada pelo Ministério da Saúde e pela Organização Mundial da Saúde, podendo prejudicar ambos.  

Ela também passou pelo exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML) para verificar se o que foi feito por Renato Kalil durante o parto acarretou lesão corporal na região da vagina. Em uma parte do vídeo feito por Matheus no momento do parto, o obstetra diz que Shantal ficou ‘’arregaçada’’ por não ter feito uma episiotomia, procedimento que consiste em uma incisão feita na região do períneo para ampliar o canal de parto. 

Em uma nota enviada à revista Quem, o ginecologista nega as acusações. Ela diz que ‘’Surpreendentemente, o Dr. Renato Kalil começou a receber, nos últimos dias, ataques com base em um vídeo editado, com conteúdo retirado de contexto. A íntegra do vídeo mostra que não há nenhuma irregularidade ou postura inapropriada durante o procedimento. Ataques à sua reputação serão objeto de providências jurídicas, com a análise do vídeo na íntegra.’’ 

Após exibição de reportagem no Fantástico e críticas a respeito de seu posicionamento perante o caso, Shantal fez um desabafo no Instagram e disse estar preocupada em como sua filha vai lidar com isto no futuro. O caso é investigado pelo 27° DP. 

Foto destaque: Roberto Kalil e Shantal Verdelho. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário

Lorena Bueri CEO, Lorena Bueri, madrinha perola negra lorena bueri, lorena power couple, lorena bueri paparazzi, Lorena R7, Lorena Bueri Revista Sexy, Lorena A Fazenda, Lorena afazenda, lorena bueri sensual, lorena gata do paulistão, lorena bueri gata do paulistão, lorena sexy, diego cristo, diego a fazenda, diego cristo afazendo