Money

Richard Branson vende participação de US$ 300 milhões na Virgin Galactic

Com voo espacial, o bilionário Richard Branson vende US$ 300 milhões em ações da Virgin Galactic. Branson, 71 anos, tinha patrimônio estimado em US$ 4,6 bilhões após o fechamento do mercado ontem, de acordo com a Forbes.

3 min de leitura
16 Ago 2021 - 14h59 | Atulizado em 16 Ago 2021 - 14h59

O bilionário Richard Branson, dono do Virgin Group, vendeu esta semana cerca de US$ 300 milhões, equivalente a R$ 1,5 bilhão no câmbio de hoje, em ações da Virgin Galactic, aproveitando a recente alta nos preços para realizar lucros. 

 

A empresa de investimento controlada por Branson começou a vender ações na terça-feira a um preço de US$ 34,39. As vendas ajudaram a derrubar o preço da ação em quase 26% no decorrer da semana. A Virgin Investments também doou quase 58 mil ações – no valor de quase US$ 2 milhões – para um ex-funcionário não identificado.

 


 

Ações enfrentam montanha-russa, enquanto companhia se prepara para voos comerciais ao espaço. (Foto: Getty Imagens)


 

A participação de Branson caiu para cerca de 46, 3 milhões de ações, ou 18% dos papéis em circulação, com a atitude. Em um comunicado, a Virgin informou que, “os lucros das vendas apoiarão o portfólio global de lazer, férias e viagens do Virgin Group, que continua a ser afetado pelo impacto da pandemia de Covid-19”.

 

Após o voo teste que ocorreu no mês passado, na qual Branson estava abordo, a Virgin Galactic reiniciou, no dia 05 de agosto, a venda de passagens com preço a partir de US$ 450 mil (R$ 2,3 milhões). O novo valor é quase o dobro dos US$ 250 mil (R$ 1,3 milhão) pagos por cerca de 600 pessoas que já haviam reservado lugares no foguete.

 

https://lorena.r7.com/post/Banco-Central-anuncia-alta-na-atividade-economica-do-pais

https://lorena.r7.com/post/Melissa-lanca-chinelos-nuvem-derivados-de-materiais-sustentaveis

https://lorena.r7.com/post/Lucas-Anderi-lanca-colecao-exclusiva-inspirados-nas-princesas-da-Disney

 

A empresa espera capitalizar, com o sucesso do voo teste, uma tripulação completa. O próximo voo será em setembro e levará integrantes da Força Aérea Italiana que pagaram pela passagem. 

 

Em julho, o empresário superou Jeff Bezos e a empresa Blue Origin em uma corrida espacial entre bilionários. Outro teste ocorrerá após a missão de setembro, mas o cronograma de lançamento além desta data não foi revelado. 

 

Foto destaque: Drew Angerer/Getty Images

Deixe um comentário