Celebridades

'O amor entre mulheres é transformador', diz a atriz Bruna Linzmeyer

Bruna Linzmeyer fala sua personagem no remake de Pantanal e sobre a “Cultura Sapatão”, aonde ela acredita que o amor entre mulheres é transformador. Além disso ela comentou sobre a lesbofobia que sofreu em um consultório de psicanálise.

3 min de leitura
14 Set 2021 - 15h00 | Atulizado em 14 Set 2021 - 15h00

Bruna Liznmeyer deu uma entrevista ao jornal O Globo falando sobre a lesbofobia que sofreu durante uma sessão de análise. A atriz, que está no elenco do remake da novela Pantanal, falou um pouco sobre sua personagem Madeleine “É alguém que não se aconchega num abraço.”

Bruna relatou um momento de sua vida, quando foi questionada sobre sua sexualidade em um consultório de psicanálise. A atriz, que assumiu ser gay e namora a DJ e artista visual Marta Supernova, contou que aquilo contribuiu para minar sua autoconfiança “Quando vi, eu não dançava mais, não bebia, não amava. Parei até de escrever. Ela me fez duvidar de mim, da minha escolha, do meu desejo”.


Bruna namora a DJ Marta Supernova. Reprodução/Instagram


Com isso Bruna tornou-se porta voz do movimento LGBTQIAP+. Em suas redes sociais, ela fala sobre o assunto encorajando outras pessoas e fala abertamente do que chama de “Cultura Sapatão”. Bruna conta que existem formas e meios de enxergar o mundo que só as sapatões têm.

“Existem conversas e maneiras de perceber o mundo que só as sapatonas têm. Quais são as piadas das quais só a gente ri? Como vemos o mundo? Como nossa vivência pode ser interessante para o mundo no momento que não tem um homem aqui, para além da nossa sexualização, de duas mulheres se beijando? Ser sapatão não é só uma orientação, é também uma identidade. Para além de sexo e romance, é uma identificação cultural, um pertencimento emocional, um lugar no mundo” conta a atriz.

Larissa Manoela muda visual para novela: 'Gosto de me ver diferente'

Luciano Huck e Angélica trocam juras de amor no Domingão do Huck

Octavia Spencer fala sobre noivado de Britney Spears e diverte internet

Sobre a novela Pantanal, que tem previsão de estreia para o primeiro semestre de 2022, Bruna fala sobre suas percepções de sua personagem “Madeleine é o tipo de personagem que olho e falo: 'Que bosta de vida, que merda que ela foi parar aí com as próprias atitudes'. Ela é capturada pela estrutura patriarcal e de classe, mas, ao mesmo tempo, está sempre buscando algo. Só que não encontra e vai se decepcionando. Não está disposta a ceder e vai endurecendo. É alguém que não se aconchega no abraço”, disse a atriz.

 

 

 

Foto destaque: Bruna Linzmeyer comenta sobre a "cultura sapatão" e de sua personagem em Pantanal. Reprodução/Instagram

Deixe um comentário