Esportes

Na raça, Atlético-MG empata com o Palmeiras e permanece isolado na liderança do campeonato

Tentando se manter mais isolado do que nunca na liderança, o clube mineiro arranca um empate em São Paulo e segue livre rumo a conquista do campeonato brasileiro.

3 min de leitura
24 Nov 2021 - 15h00 | Atulizado em 24 Nov 2021 - 15h00

Em um jogo muito disputado e de alto nível, a equipe do Atlético se superou dentro do jogo e empatou a partida, garantindo ainda mais o sonho do título. Com uma final pra ser disputado no sábado, o Palmeiras foi com um time reserva e fez uma excelente partida, jogando de igual pra igual com a equipe completa do galo. Destaque para Wesley, que fez o primeiro gol e teve um bom desempenho no jogo.


Marcos Rocha e Diego Costa na disputa da bola. (Foto: Atlético-MG/Pedro Souza)


Nessa hora que apareceu o destaque do campeonato brasileiro: Hulk, que empatou a partida com um golaço, e conduziu a sua equipe em busca da vitória, que acabou não acontecendo. O placar poderia ter sido pior, já que o Palmeiras teve um pênalti a favor e foi desperdiçado por Patrick de Paula. Abel Ferreira estava suspenso e não ficou na beira do campo, dando lugar ao seu auxiliar João Martins, que criticou a arbitragem na coletiva pós jogo.

https://lorena.r7.com/post/Goias-vence-Guarani-e-retorna-a-primeira-divisao-do-Campeonato-Brasileiro

https://lorena.r7.com/post/Quebrando-recordes-historicos-Cristiano-Ronaldo-vibra-com-vitoria-na-Champions

https://lorena.r7.com/post/Com-LeBron-expulso-Lakers-vencem-Detroit-Pistons


"Vamos rir para não chorar, quem diz a verdade não merece o castigo. Vamos falar rapidinho sobre o lance do segundo gol, porque temos que falar. Como é possível que o Palmeiras tenha sido prejudicado pelo terceiro jogo seguido? Essa é a verdade. Admitimos no último jogo que o gol (contra o Fortaleza) foi muito bem anulado. Quando saiu o gol, o Marcos Rocha viu claramente o que aconteceu, falou com o árbitro. A pressa que teve para buscar a bola no gol e recomeçar o jogo é incompreensível. O VAR só funciona às vezes. No gol do Dudu contra o Fluminense, tentaram descortinar um impedimento por um centímetro. Como o árbitro que está a 50 centímetros não vê o jogador do Atlético jogar basquete? Futebol se joga com os pés", disse João, irritado.

Durante o jogo, a comissão técnica do Atlético estava ligada no jogo do Flamengo e quando terminou a partida em Porto Alegre, avisaram os jogadores para ficarem tranquilos que o jogo tinha terminado em empate, a equipe mineira permanece isolada na liderança com oito pontos de vantagem. O Palmeiras agora se prepara para a grande final de sábado, e terá o elenco completo a disposição, com excessão de Marcos Rocha que está suspenso.

 

 

Foto destaque: Hulk e Gabriel Verón disputando a bola.   Imagem: Atlético-MG/Pedro Souza

Deixe um comentário