Bem Estar

Médica e empreendedora de sucesso, Dra. Luciana Dias fala da carreira na TV

A Dra Luciana Dias, uma das médicas mais bem conceituadas do país, participou do programa "Brasil Que Faz" apresentado por Elvis Cezar, transmitido pelo canal RedeTV! e contou sobre a trajetória de sua carreira.

3 min de leitura
05 Out 2021 - 12h43 | Atulizado em 05 Out 2021 - 12h43

Em participação especial no programa “Brasil Que Faz”, da RedeTV!, a CEO da Transduson contou detalhes da sua carreira até se tornar uma das médicas mais bem conceituadas do país. O programa é apresentado pelo advogado e político brasileiro Elvis Cezar, e foi exibido no domingo (3).


 

Dra. Luciana Dias e Elvis Cezar (Foto: Divulgação/Assessoria)


Durante a entrevista, a Dra. Luciana Dias relembrou com orgulho dos desafios que enfrentou e não deixou de falar de seus pais, que se dedicavam muito com o trabalho e serviram de inspiração para ela. A médica relembra que sua mãe, quando era professora, sempre foi muito admirável pelos alunos, enquanto seu pai, um homem empreendedor e visionário.

A empresária nasceu em uma pequena cidade do interior paulista, chamada Ituverava, com pouco mais de 40 mil habitantes. Com orgulho, recordou que nunca precisou custear os estudos, pois sempre se dedicou para passar em vestibular e conseguir bolsa integral. Aos 13 anos de idade, conquistou sua primeira bolsa na Fundação Armando Alvares Penteado (FAAP), em São Paulo, após ficar em primeiro lugar em uma maratona de matemática.


Dra. Luciana Dias (Foto: Divulgação/Assessoria)


Na graduação, estudou Medicina na Faculdade de Medicina de São José do Rio Preto (FAMERP), cumprindo a residência do curso na Santa Casa de Misericórdia de São Paulo e no Hospital das Clínicas de São Paulo, local em que atuou por 14 anos como médica.

Focada em adquirir cada vez mais conhecimento, ingressou em um programa de mestrado, oferecido pela Universidade de São Paulo (USP), assim que finalizou a graduação. Em seguida, fez o doutorado pela mesma universidade, onde defendeu uma tese sobre Punção Aspirativa por Agulha Fina (PAAF) e Avaliação dos Cistos Ovarianos, obtendo nota máxima.

Para ela, todo conhecimento adquirido ao longo dos anos foi importante para prosperar na carreira. “Na área da Medicina não dá para começar do nada. Primeiro, é fundamental ganhar conhecimento para depois desenvolver o seu negócio. Então eu fui procurar conhecimento. Pensar mais. Aprender mais. Ver como meus grandes professores agiam”, destacou.

Imunização: Vacinados que se infectam com a covid-19 contaminam menos do que pessoas não vacinadas

Vacinados com segunda dose de diferentes imunizantes reclamam da falta de emissão de certificado em aplicativo

Campanha Sobre Viver conta como é o dia a dia dos pacientes com câncer no Brasil

Ao concluir o doutorado pela USP, a médica abriu seu primeiro consultório na Avenida Rebouças, na capital paulista. Ela recorda que foi um período muito difícil por conta da concorrência de mercado. Essa fase durou até ela ser convidada para trabalhar em Carapicuíba e, visionária como seu pai, sentiu a necessidade de fundar um espaço voltado à classe média baixa. Foi aí que surgiu a Transduson Medicina Diagnóstica Avançada.

Atualmente, a Transduson em Carapicuíba está há 30 anos no mercado e é considerada a maior da região metropolitana de São Paulo. Com 30 mil metros de área construída, funciona todos os dias da semana e atende mais de mil pessoas por dia. Devido ao sucesso, ampliou seu atendimento com unidades em Alphaville e Jandira.

Para assistir ao programa na íntegra, https://www.redetv.uol.com.br/digitalredetv/videos/pauta-redetv/brasil-que-faz-03-10-21-|-completo

Deixe um comentário