Bem Estar

Imunização: Vacinados que se infectam com a covid-19 contaminam menos do que pessoas não vacinadas

Pesquisadores de Harvad apontam que a transmissão da covid-19 - Sars-CoV-2, por pessoas imunizadas ocorre por um período menor do que aqueles que não foram imunizados. 173 pessoas participaram voluntariamente da pesquisa.

3 min de leitura
01 Out 2021 - 18h09 | Atulizado em 01 Out 2021 - 18h09

Uma pesquisa realizada pela universidade Harvad, nos Estados Unidos, apontou que a transmissão da covid-19 por pessoas devidamente imunizadas ocorre por um tempo menor do que aqueles que não foram imunizados. A integra da pesquisa norte-americana foi divulgada pela plataforma MedRxiv, mas, ainda necessita passar pela retificação de alguns cientistas. Na análise, os pesquisadores pesquisaram a proliferação do vírus Sars-CoV-2 em um grupo de aproximadamente 170 pessoas contaminadas com o vírus, calculando o período necessário para atingir o pico de carga viral e o tempo em que o organismo consegue eliminar o vírus.

Ministério da Saúde suspende o intervalo entre a vacinas da gripe e covid-19

Aleitamento materno: libere a mãe dentro de você

Com mais de 40% da população vacinada, Brasil pode entrar no ranking de países com maior índice de imunizados

O estudo contou com a participação de funcionários e jogadores da NBA (Associação Nacional de Basquete dos Estados Unidos) entre os dias 28 de novembro de 2020 e 11 de agosto de 2021. A plataforma Our Worlid in Data divulgou que o impacto das variantes do novo coronavírus também foram examinados e, a variante delta é encarregada de 99% dos casos. Especialistas chegaram à conclusão de que, tanto as pessoas imunizadas como as não imunizadas, chegaram ao pico da carga viral de formas parecidas, isto é, em torno do terceiro dia. Por volta do quinto dia, os vacinados conseguiram eliminar o vírus do organismo com nenhuma carga viral e, os não vacinados, de sete a oito dias.


Charge reproduzindo os cuidados com a pandemia. (Foto: Reprodução/ IStock)


Ou seja, os imunizados ficaram por um tempo menor vulneráveis a passar o vírus para outras pessoas do que as pessoas não imunizadas, visto que a carga viral permanece alta por um período menor. Os especialistas também afirmam que o isolamento social e as medidas sanitárias ainda são indispensáveis para o devido controle da pandemia de covid-19.

Foto Destaque: Doses de vacina contra a covid-19. Reprodução/ IStock

 

Deixe um comentário